Entretenimento

Humorista é ameaçada de morte após fazer piadas sobre Praia Grande, no litoral de SP

Mhel Marrer, do programa 'A Praça é Nossa', no SBT, disse que a cidade é "suja" e que "todo mundo é feio"; artista se desculpou nas redes sociais após repercussão negativa

Da Redação, com Bora Brasil 26/10/2021 • 16:33 - Atualizado em 26/10/2021 • 23:08

A atriz e humorista Mhel Marrer, que integra o elenco do programa ‘A Praça é Nossa’, do SBT, recebeu ameaças de morte nas redes sociais após fazer piadas sobre a cidade de Praia Grande, no litoral de São Paulo, na última quinta-feira (21). Em episódio da atração humorística, a artista diz que a cidade é “suja” e que a praia é tão poluída quanto o rio Tietê. Além disso, ela declara que “todo mundo é feio”.

Mhel ainda compara a cidade à escritora e ex-garota de programa Raquel Pacheco, conhecida, também, como Bruna Surfistinha; a humorista diz que “sempre cabe mais um” dentro de Praia Grande.

A humorista também chegou a escrever em sua conta pessoal no Twitter que o mar de Praia Grande é “merda”. Após a repercussão negativa de suas falas, Mhel apagou todas as suas publicações da rede social.

Ameaças de morte

As falas sobre Praia Grande não agradaram os moradores da cidade e da Baixada Santista, que reagiram com críticas. A prefeitura também se manifestou sobre o ocorrido: em comunicado oficial, o órgão convida a humorista para uma visita à cidade e declara que repudia “qualquer forma de violência verbal”. 

Leia a nota completa abaixo:

"Em virtude das diversas manifestações sobre um vídeo humorístico que fala do município de modo pejorativo, a Prefeitura de Praia Grande explica que está enviando uma nota à produção do programa com um convite para uma visita à cidade, além de explicar sobre a bela história de superação de seu povo para acabar com uma triste estigma do passado, mostrando que hoje a cidade figura entre as mais desenvolvidas do Brasil e um dos destinos turísticos mais procurados do país, em virtude de suas belezas e infraestrutura.

A prefeitura repudia qualquer forma de violência verbal. Válido reforçar que o município é grande incentivador da cultura e respeita todos os tipos de arte, desde que não firam ou deturpem a imagem de pessoas ou instituições."

Pedido de desculpas

Mhel usou as redes sociais nesta terça-feira (26) para se desculpar com os moradores da cidade. A humorista diz em post que se referia aos “turistas farofeiros de São Paulo que sujam a praia” quando falou do “povo feio” de Praia Grande, e que esqueceu de mencionar os visitantes da cidade no programa ‘A Praça é Nossa’. Ela também aproveitou a oportunidade para provocar os praia-grandenses.

“Não vou me desculpar com quem me ameaçou de morte. Muito pelo contrário. Faço questão de expor os ‘bonitos’. Por isso, limitei os comentários. Porque meus filhos e minha mãe cardíaca não precisam ficar lendo essas merdas. (…) Nem vou me desculpar com a prefeitura de Praia Grande, que tem coisas mais importantes para se preocupar do que com piadas. Me desculpo com a galera de Praia Grande, os caiçaras, por ter esquecido a piada que deixava claro que era sobre os turistas, como eu, de quem eu estava falando. (…) Errei. Achei que seria engraçado porque sempre que fiz show na Praia Grande, vocês riram e aplaudiram quando fiz essas mesmas piadas com… São Vicente."