Melhor da Tarde

Ana Maria Braga é cobrada por dívida de IPTU de casa vendida em 2017

Atual proprietário não fez a transferência da titularidade para requerer a escritura do imóvel

Cíntia Lima e Rafael Pessina 20/07/2021 • 16:51

A prefeitura de São Paulo entrou com um processo de execução fiscal contra a apresentadora Ana Maria Braga por uma dívida de pouco mais de R$ 20 mil de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). No entanto, o imóvel com pagamentos atrasados não pertence mais à global desde 2017.

O assunto foi repercutido no Melhor da Tarde desta terça-feira, 20. Segundo a assessoria de Ana Maria Braga, ela teria vendido a residência localizada no Jardim Europa, bairro nobre da zona sul de São Paulo, há cerca de quatro anos.

O nome de Ana Maria, no entanto, aparece na ação judicial porque o atual proprietário não fez todos os trâmites de transferência para obter a escritura definitiva do imóvel. A Vara de Execuções Fiscais Municipais da Justiça de São Paulo citou a apresentadora no processo no último dia 15 de julho.

A decisão judicial diz que ela deve ser informada do débito de R$ 20.350,00 e, a partir do recebimento da notificação, teria então cinco dias para regularizar o pagamento. Porém, como Ana Maria não é mais dona da propriedade e possui contrato de compra e venda, ela não terá que assumir essa dívida.

  • melhor da tarde
  • ana maria braga