Entretenimento

“Perdemos um ser humano raro”, lamenta Nelson Freitas sobre Jô Soares

Muito emocionado, o ator, que mora na Australia, conversou com a rádio BandNews FM e relembrou momentos ao lado do apresentador, que morreu nesta sexta-feira (5)

Da Redação, com a BandNews FM 05/08/2022 • 11:27 - Atualizado em 05/08/2022 • 18:25

Nelson Freitas lamentou a morte de Jô Soares, nesta sexta-feira (5). Muito emocionado, o ator, que mora na Australia, conversou com a rádio BandNews FM, e disse que o Brasil “perdeu um ser humano raro e extraordinário”. 

“Que perda, que lástima. Q gente sabe que a vida é assim, que tudo tem começo e fim. Que contribuição gigante e importante que o Jô deu para o nosso país. Me lembro que o assistia na Família Trapo com Golias. Era uma escola fantástica. É uma perda não só por ter sido um grande ator, escritor e apresentador, mas pela pessoa e ser humano raro, extraordinário gentil, doce, educado, elegante, inteligente. O Brasil perde uma das suas maiores personalidades”, emocionou-se Freitas.

O ator contou que participou onze vezes no “Programa do Jô” e que todas o apresentador o tratou com muito carinho e gentileza. “Eu não tive a sorte de trabalhar com ele pessoalmente, mas fui 11 vezes ao seu programa e ele me tratou com tanto carinho, gentiliza e generosidade. Ao longo do tempo fomos nos tornamos amigos. Sempre que tivemos a oportunidade de estarmos juntos foi muito especial para mim”, emocionou-se o ator.

Morte de Jô Soares

O apresentador, ator, humorista, dramaturgo e diretor Jô Soares morreu na madrugada desta sexta-feira (5), aos 84 anos. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista, desde o fim do mês passado, segundo publicou a esposa, Flávia Pedras Soares, nas redes sociais. A causa da morte ainda não foi divulgada. O velório será reservado à família e amigos.

Na publicação, Flávia comunicou o falecimento e fez uma homenagem: “Aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida. A vida de um cara apaixonado pelo país aonde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor.”

Nascido em 1 de janeiro de 1938 no Rio de Janeiro, José Eugênio Soares foi ator, humorista, apresentador de televisão, dramaturgo e diretor. Ele teve passagem nas emissoras TV Rio, Tupi, Excelsior, Record, SBT e na Globo.

A partir de 2000, Jô Soares começou a apresentar aquele que se seria seu programa mais famoso, o “Programa do Jô”, na TV Globo, encerrado em 2016.