Entretenimento

Últimas horas de Marília Mendonça revelam estrela acessível e simples

Cantora registrou ida à academia, refeições e ligações para os fãs em divulgação de clipe

Stefani Sousa 06/11/2021 • 16:33 - Atualizado em 07/12/2021 • 18:31
Marília Mendonça
Marília Mendonça
Divulgação/Randes Filho/Instagram

O Brasil está em luto. O acidente que resultou na morte de Marília Mendonça, na tarde de ontem (5), chocou o mundo com a tragédia que leva, de forma precoce, a artista dona de um futuro brilhante. Desde que o desastre veio à tona, relatos de amigos e fãs comprovam a doçura da cantora que conquistou milhões, mas se manteve humilde, simples e acessível.

Na manhã que antecedeu o acidente, a artista começou o dia na academia. Nas redes sociais ela compartilhou, com mais de 40 milhões de seguidores, a rotina de exercícios e o encontro com o amigo e empresário Filipe Risse. De longe, cumprimentou também o cabeleireiro Augusto Freire, responsável por sua última transformação capilar.  

Em seguida, ainda no carro, começou a trabalhar na divulgação do clipe de “Fã clube”, parceria com Maiara e Maraisa que já era considerada um sucesso. Parte da ação foi ligar para fãs de todo o Brasil como surpresa, agradecendo o carinho e perguntando se eles já haviam assistido ao vídeo.  

A cantora se divertiu com as reações de admiradores incrédulos com o contato. Se despediu com a promessa de que ligaria para outros seguidores mais tarde. Nunca aconteceu. O clipe, que já conta com mais de 3 milhões de visualizações, foi um fenômeno que ela não poderá conferir. A surpresa aos fãs foi a última homenagem para aqueles que a levaram ao topo das paradas de sucesso.  

Apesar de não ter publicado, sabe-se que a goiana foi imunizada com a 2ª dose da vacina contra o coronavírus horas antes do voo. A prefeitura da cidade Aparecida de Goiânia registrou a alegria de Marília durante o procedimento. As enfermeiras que a atenderam disseram que ela estava animada com o retorno aos palcos e agradeceu o trabalho dos profissionais da saúde. 

No aeroporto, temos as últimas cenas da estrela em vida. Animada, feliz e fazendo piada. Sua última publicação é um vídeo do meme “expectativa versus realidade”. Na sequência de imagens, ela mostrou as delícias gastronômicas de Minas Gerais enquanto lamentou estar comendo uma marmita. O produtor Henrique Bahia, também vítima do acidente, registrou o momento em que ela entra no avião.  

Foi o fim da carreira marcada pelo empoderamento feminino, o último capítulo da história de uma mulher que revolucionou o sertanejo e tirou o estilo musical da perspectiva masculina. Artista de muitos amigos, compositora que colocou em canções os sentimentos de milhares de brasileiros. Ganhou um Gremmy Latino, bateu recordes de audiência em lives, mas gostava mesmo era de ser chamada de “Mãe do Léo", o herdeiro de quase dois anos. Marília teve mil e uma facetas: dos cuidados com a família aos palcos, foi uma estrela.  

Entenda o acidente

O avião de Marília Mendonça decolou de Goiânia a Piedade de Caratinga, onde faria um show na cidade. A chegada dela estava prevista para 3h da tarde, mas não foi concluída porque, segundo informações preliminares, o avião colidiu com fios de alta tensão. A informação foi confirmada pela Cemig, a companhia elétrica de Minas Gerais. 

A cantora tinha 26 anos e já foi resgatada sem vida. O avião caiu por volta das 15h20 num riacho, onde havia muitas pedras. Horas após o acidente, a assessoria de imprensa da sertaneja divulgou nota para confirmar o óbito dos cinco passageiros, incluindo Marília Mendonça.

"Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e do copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento", informou a assessoria.

A aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, e tinha capacidade para seis passageiros. Segundo o sistema da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a situação de aeronavegabilidade do avião estava normal e a operação era permitida para táxi aéreo.

Relembre a carreira de Marília Mendonça

Marília Dias Mendonça nasceu em 22 de julho de 1995, em Cristianópolis, Goiás. A artista começou a carreira musical ainda na infância, aos 12 anos, como compositora. Ela assina letras de astros como Wesley Safadão, Jorge & Mateus e Matheus & Kauan.

Em 2016, lançou o primeiro álbum, "Marília Mendonça: Ao Vivo", gravado em São Paulo (SP). O disco conta com músicas como "Infiel" e "Alô, Porteiro", que consagraram Marília como "rainha da sofrência".

A cantora ganhou o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja em 2019 com o álbum "Todos os Cantos", projeto musical que viajou o país com shows gratuitos e que virou documentário pela plataforma de streaming Globoplay.

Vida pessoal

Marília Mendonça deu à luz Leo, seu único filho, em 16 de dezembro de 2019. O menino é fruto da relação com o cantor sertanejo Murilo Huff. Eles começaram a namorar em 2017. O relacionamento, marcado por "idas e vindas", chegou ao fim em setembro deste ano.