Esportes

Abel Ferreira e Renato Gaúcho trocam elogios antes da decisão da Libertadores

Rivais no sábado (27), comandantes de Palmeiras e Flamengo valorizam campanhas em busca da glória eterna.

Da Redação, com Jogo Aberto 23/11/2021 • 17:35

Se o clima neste sábado (27) será de muita emoção e rivalidade em Montevidéu, no Uruguai, para a decisão da Libertadores da América, fora das quatro linhas os técnicos mostraram até agora muita cordialidade e respeito.

O comandante do Flamengo, Renato Gaúcho, valorizou o trabalho de Abel Ferreira, que em pouco mais de 1 ano, conquistou uma Libertadores e Copa do Brasil pelo Palmeiras. 

“Grande treinador, me dou muito bem com ele. Não é fácil você chegar no Brasil e em pouco tempo conquistar títulos. É difícil um treinador estrangeiro chegar no Brasil e cair nas graças do torcedor e da imprensa”, destacou Renato Gaúcho sobre o treinador português.

Aos 42 anos, Abel Ferreira faz no Palmeiras o seu melhor trabalho em sua curta carreira como treinador. Com dois títulos conquistados, o português leva o elenco alviverde para a sexta final sob seu comando. Mas, ainda sim, sabe do grande desafio que é enfrentar o Flamengo do, segundo ele, um dos melhores técnicos brasileiros na atualidade.

“A admiração que tenho por ele, pelo trabalho dele, como jogador e, agora, como treinador. É um dos grandes treinadores brasileiros na atualidade. Fiz questão de tirar uma foto com ele”, ressaltou Abel Ferreira sobre Renato Gaúcho.

Se fora do campo o clima é amistoso, dentro dele será de muita rivalidade. Na última decisão entre Palmeiras e Flamengo, pela Supercopa do Brasil, em 2020, o rubro-negro levou a melhor nos pênaltis após um 2 a 2 emocionante. O técnico do Flamengo, na época, era Rogério Ceni. Agora pode ser o momento da revanche alviverde e de Abel Ferreira.

“Qual o melhor prazer que você pode ter que não seja enfrentar os melhores? Se você quiser ser o melhor, tem que ganhar dos melhores. Dos melhores adversários, dos melhores treinadores, esse que é o desafio”, afirmou o líder do Palmeiras.

Para Renato Gaúcho essa também é uma oportunidade. O comandante nunca escondeu o sonho de ser campeão como treinador do Flamengo. Ao todo, soma 24 vitórias em 35 partidas pelo rubro-negro. Números importantes que reforçam, apesar dos elogios ao Abel Ferreira, que na final ele é 100% Mengão.

“Gosto muito dele (Abel), tenho muitos amigos no Palmeiras, mas nessa final eu sou Mengão, sem dúvida alguma”.