Esportes

Bernardo Ramos: "Querem fazer como uma NBA no futebol europeu"

Jornalista apontou que a criação da Superliga pode ser positiva para os principais clubes da Europa

Da redação, com Bandsports 18/04/2021 • 21:27 - Atualizado em 18/04/2021 • 21:30

Na avaliação do jornalista e comentarista da Bandsports Bernardo Ramos, a criação de uma Superliga europeia, como anunciaram doze grandes times neste domingo (18), tem sentido. “Querem criar uma NBA europeia”, afirmou, comparando com a principal liga de basquete profissional dos EUA.

Para Ramos, além de gerar mais dinheiro, a Superliga despertaria mais interesse “jogar contra o Barcelona ou o Real Madrid, usando o exemplo do Manchester United, por mais que a Premier League seja a mais competitiva do futebol mundial”, afirmou. “Esse é um movimento que é irreversível”.

Em comunicado divulgado na noite deste domingo (18), times da Inglaterra, da Espanha e da Itália afirmaram que vão discutir com a Uefa e com a Fifa como e quando o torneio será disputado.  Com a Superliga, os clubes teriam a oportunidade de negociarem seus direitos de transmissão. 

A "Superliga" é composta por Milan, Arsenal, Atlético de Madrid, Chelsea, Barcelona, Inter de Milan, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham. Mais três times europeus devem participar da Superliga.

“Liga mais financeiramenteo rentável”

Para Ramos, a criação da Superliga segue uma tendência. “Enquanto a gente vê no futebol brasileiro um movimento contrário, de prestígio aos campeonatos estaduais,  na Europa os clubes não vão rasgar dinheiro, especialmente em um período de dificuldades financeiras para todos os clubes, e para todos os seguimentos da sociedade, na verdade”, diz. “Juntos, eles têm como criar a renda mais financeiramente rentável do mundo”, conclui.

  • Esportes