Esporte

Briga generalizada marca vitória da Colômbia sobre o Uruguai na Copa América

Clima esquentou em campo após o jogo; nas arquibancadas, torcedores trocaram socos

Da redação

Briga generalizada marca vitória da Colômbia sobre o Uruguai na Copa América
Reprodução

A Colômbia venceu o Uruguai por 1 a 0 nesta quarta-feira (10), em duelo na cidade de Charlotte (EUA) pelas semifinais da Copa América 2024. Tão logo o jogo acabou, no entanto, jogadores e torcedores deram início a uma briga generalizada.

Em campo, o uruguaio Luis Suárez e o colombiano Miguel Borja trocaram empurrões, atraindo integrantes das duas delegações. Ambos se afastaram, e Suárez aproveitou para cumprimentar James Rodríguez, que comemorava a classificação da Colômbia.

O incidente, porém, foi seguido por uma troca de agressões entre as duas seleções no gramado. As imagens registraram um desentendimento entre Suárez e um integrante da comissão técnica adversária, mas sem que chegassem às vias de fato.

Ao mesmo tempo, nas arquibancadas, as provocações logo deram lugar a mais pancadaria. À beira do gramado, mais jogadores se envolveram em empurrões e troca de socos.

O jornal El Observador registrou as presenças de Ronald Araujo, Darwin Núñez, Matías Viña e Mathías Oliveira, que correram pelas escadas em direção às arquibancadas onde estavam familiares no meio da confusão. Núñez foi filmado distribuindo socos. 

Provocações 

A imprensa colombiana já havia registrado confusões fora de campo ao longo do jogo.

No primeiro tempo, torcedores da Colômbia provocaram funcionários da seleção do Uruguai que estavam em um setor das tribunas. Com o gol de Jefferson Lerma, o tom das provocações subiu, e os uruguaios responderam com gestos.

Desta vez, não houve incidentes mais graves. Seguranças da Conmebol que estavam no setor atuaram rapidamente na contenção dos torcedores.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais