Esportes

Corinthians decide rescindir contrato com Danilo Avelar após ato racista

Lateral admitiu ter feito comentário durante partida online de CS:GO

João Paulo Cappellanes, da Rádio Bandeirantes 23/06/2021 • 19:07 - Atualizado em 24/06/2021 • 11:20
Danilo Avelar admitiu ter feito um comentário racista durante um jogo de CS:GO
Danilo Avelar admitiu ter feito um comentário racista durante um jogo de CS:GO
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Danilo Avelar não joga mais pelo Corinthians. A decisão foi tomada pela diretoria do clube nesta quarta-feira (23) em meio à grande repercussão nas redes sociais após o defensor se envolver em caso de racismo durante uma partida online de Counter Strike: Global Ofenssive.

Em nota oficial, o Corinthians diz que estuda as medidas cabíveis com os representantes do lateral para acertar a rescisão do contrato Mais cedo, o Corinthians havia decidido por multar Avelar, mas mudou seu entendimento do caso após pressão de torcedores na web, além de cobranças pela saída feitas pela Gaviões da Fiel, principal organizada do Timão.

“O Sport Club Corinthians Paulista informa que está em contato com o atleta Danilo Avelar e seus representantes a fim de discutir e formalizar as medidas cabíveis para o encerramento do vínculo. O Corinthians reafirma que repudia toda e qualquer manifestação de conotação racista, coerentemente com sua história de defesa da igualdade e da democracia", disse o clube em nota oficial.

Avelar admitiu ter feito um comentário racista durante um jogo online de CS:GO (Counter-Strike: Global Offensive). Usando o nome D.A 35, ele escreveu: “Fih [filho] de uma rapariga preta”, captado em um print que viralizou no Twitter durante esta quarta.

Danilo Avelar foi contratado pelo Corinthians em 2018 e estava em recuperação de lesão nos ligamentos cruzado do joelho desde outubro de 2020.

Veja a nota de Danilo Avelar:

Fala, galera. Venho aqui falar para vocês sobre a injúria de conotação racial que tem rolado pelas redes sociais atrelado ao meu nome.

Antes de mais nada, quero admitir o meu erro. O que eu escrevi durante a partida não condiz com o que penso e o que vou ensinar a meu filho.

Todos sabem que eu jogo CS:GO e, em uma das partidas, fui ofendido por um jogador estrangeiro na minha condição de brasileiro. Perdi a cabeça, mas, infelizmente piorei a situação: cometi o grave erro de escrever a um adversário uma frase de conotação racista.

Errei, falhei, e me envergonho muito disso. Na nossa sociedade temos que abolir qualquer forma de racismo.

Gostaria de me desculpar com todos, sem exceção, mas sobretudo com a comunidade afrodescendente. De coração aberto, estou disposto a fazer desse erro um aprendizado honesto e integral.

Este caso me abriu os olhos para este grave problema em nossa sociedade. A reflexão que fica é que devemos fazer mais para combater o racismo com vigor e urgência, sem brechas nem exceções.

Também quero me desculpar com o Corinthians, uma instituição que desde sempre prega e luta pela igualdade, com a Fiel torcida e com meus companheiros de equipe.

Reitero, uma vez mais, que meu histórico e meu caráter não condizem com o que escrevi e que estou disposto a crescer, melhorar e mudar.

Abraços, Danilo Avelar.

  • corinthians
  • danilo avelar
  • rascismo