Esportes

Fifa anuncia Emirados Árabes Unidos como sede do Mundial de Clubes 2021

Competição vai ocorrer em 2022; Palmeiras ou Flamengo representarão a América do Sul

Vinícius Batista 20/10/2021 • 14:01
Bayern de Munique é o atual campeão mundial
Bayern de Munique é o atual campeão mundial
Divulgação/FC Bayern

Após meses de indefinição, a Fifa anunciou nesta quarta-feira (20) a sede do Mundial de Clubes de 2021. A competição será realizada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, no começo de 2022, ainda sem data definida.

“O Mundial de Clubes de 2021 vai ser disputado no começo de 2022 nos Emirados Árabes Unidos, já que o Japão desistiu de sediar o evento por conta da pandemia. Ainda vamos definir as datas”, disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino, em entrevista coletiva nesta manhã.

Havia a possibilidade do Brasil receber a competição, com a cidade de Rio de Janeiro sendo a sede do torneio. O prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes, teve interesse de colocar a cidade como uma das candidatas, mas o projeto não avançou.

Mesmo sem receber o Mundial, é certo que o Brasil terá um representante na competição, já que Flamengo e Palmeiras disputam a final da Libertadores. O vencedor vai defender a América do Sul no torneio e pode enfrentar o Chelsea na decisão.

Essa será a quinta vez que os Emirados Árabes Unidos vão receber o Mundial de Clubes. O país já foi sede em 2009, 2010, 2017 e 2018. Até o momento, Chelsea, Al-Ahly (campeão da África) e Auckland City (campeão da Oceania) estão confirmados para a edição de 2021.