Esportes

Gum comemora classificação heroica do CRB: "Não caímos na pressão"

Zagueiro falou sobre a vitória contra o atual campeão Palmeiras na Copa do Brasil

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 11/06/2021 • 09:06 - Atualizado em 11/06/2021 • 09:12

O zagueiro Gum falou no Donos da Bola, da Rádio Bandeirantes, sobre a classificação do CRB diante do Palmeiras na Copa do Brasil. O experiente jogador considerou que o rival paulista respeitou os alagoanos, mas que certamente não esperava o resultado - ainda mais depois de ter vencido a ida por 1 a 0. 

“O CRB está muito feliz com a classificação, foi um grande jogo, uma grande vitória e conseguimos uma classificação heroica. Acho que o Palmeiras respeitou o CRB porque o jogo de ida não foi fácil. E no jogo contra o Cruzeiro (vitória por 4 a 3 pela Série B) eles puderam ver a nossa defesa, um bom jogo. Praticamos um futebol bonito contra o Cruzeiro no Mineirão e isso trouxe uma preocupação para o Palmeiras", disse o zagueiro de 35 anos, acrescentando, porém, que o rival foi surpreendido com o resultado. 

“Claro que eles não imaginavam perder um jogo para o CRB até pela instituição, pelo poder financeiro, jogadores... A grande maioria não apostaria no CRB, mas nós trabalhamos com humildade e com o Alan (Aal) e toda a comissão técnica. Conseguimos nos defender muito bem. Quando fizemos o primeiro gol, o jogo mudou de lado, com muita pressão. Nós do CRB soubemos fazer um jogo consistente, inteligente, para poder se defender muito bem e deixar que o Palmeiras ficasse cada vez mais pressionado”. 

Sobre a estratégia traçada pelo técnico Alan Aal, Gum conta que o elenco sabia que a pressão da equipe alviverde seria grande. “O jogo não foi calmo porque o Palmeiras é um time de muita qualidade, mas dentro da nossa estratégia, dentro do que o Alan passou, não poderíamos de forma nenhuma cair na pressão do Palmeiras ou então desestabilizar ou desarrumar a equipe porque controlar o jogo inteiro seria impossível. No Allianz, considerando o gramado e a equipe do Palmeiras, a nossa estratégia foi deixar as linhas mais próximas para não deixar a equipe do Palmeiras entrar entre as nossas linhas e encontrar espaço”.

No CRB desde fevereiro do ano passado, o zagueiro comentou o momento dele no clube como um dos jogadores mais experientes. “Sou grato pelas conquistas que eu tenho, realizado na minha profissão e estou muito feliz em Maceió, buscando honrar o CRB. Quero que a marca do CRB cresça no mercado brasileiro, fique em evidência no cenário nacional. Tanto dentro como fora de campo eu tento passar minha experiência para os mais novos, para a gente se unir. Hoje temos uma família aqui e é ter humildade para continuar trabalhando.”

Gum conversou com Craque Neto, Gustavo Soler e Gabrielle Guimarães no programa Os Donos da Bola.

  • gum
  • crb
  • palmeiras