Esportes

Destaque como volante, Lucas Kal garante foco “apenas no América-MG”

Jogador de 25 anos conversou com Craque Neto e Gustavo Soler sobre boa fase no Coelho

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 26/10/2021 • 09:46

Um dos destaques da surpreendente campanha do América-MG no Campeonato Brasileiro, Lucas Kal disse em entrevista ao programa Os Donos da Bola, da Rádio Bandeirantes, que não está preocupado com o futuro - ele pertence ao São Paulo e tem contrato com o Coelho até o fim do Estadual do ano que vem.

"O América é o clube que me abriu as portas e sou muito grato. Hoje só penso no América Mineiro e meu foco está aqui. Quero terminar o Campeonato Brasileiro bem e continuar ajudando o time. Essa parte de contrato e negociação deixo com os meus empresários”, afirmou o jogador de 25 anos.

Lucas Kal vinha sendo reserva da zaga até o técnico Vagner Mancini, que recentemente trocou o América pelo Grêmio, decidir escalá-lo como volante. A mudança de posição deu muito certo. 

“Ele me perguntou se eu já tinha jogado de volante porque tínhamos alguns desfalques, eu disse que sim e topei na hora, já que todo jogador quer estar em campo. A partir daí engatei uma sequência boa e tive boas atuações, inclusive com gols e assistências. Lógico que minha função ainda é a marcação e a proteção da zaga, mas a gente tenta ajudar o ataque também”, afirmou. 

Sobre a campanha do América no Brasileirão - o time é o décimo colocado, com 35 pontos - o agora volante admitiu o sonho de se classificar para as competições continentais (ainda mais com a possibilidade de um “G-9” no torneio), mas reiterou que a meta da equipe mineira ainda é não cair para a segunda divisão.

“Estamos na zona da Sul-Americana e quem sabe até em condição de brigar pela Pré-Libertadores, mas a gente tem os pés no chão e sabe que o primeiro objetivo é a permanência na Série A. Só depois disso a gente pode almejar coisas maiores. É o sonho de todo jogador disputar uma competição continental e seria histórico para o clube. Mas é continuar trabalhando quietinho, com humildade e cabeça no lugar. Não podemos cair nas armadilhas do futebol. Faltam dez jogos e são dez finais”, declarou.

Na entrevista a Craque Neto e Gustavo Soler, Lucas Kal também falou sobre seu início no futebol, sobre a estrutura do América-MG e sobre outros destaques do time. Assista a íntegra no vídeo acima.