Esportes

Oportunidade, "coringa" no meio e Libertadores: Benitez é apresentado no São Paulo

Meia de 26 anos exaltou o Tricolor e falou de expectativas para a temporada

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 07/04/2021 • 17:01 - Atualizado em 07/04/2021 • 17:26
Benítez é o novo camisa 8 do São Paulo
Benítez é o novo camisa 8 do São Paulo
Rubens Chiri / saopaulofc

O meia Martín Benitez, ex-Vasco, foi apresentado nesta quarta-feira (7) no São Paulo. O argentino de 26 anos, que chega por empréstimo até o final da temporada, exaltou a oportunidade de chegar ao clube paulista, falou sobre a temporada passada e a pressão por títulos no Tricolor. 

Em coletiva acompanhada pela Rádio Bandeirantes, o novo camisa 8 do São Paulo falou sobre a grande oportunidade no clube tricolor. 

"É uma oportunidade linda pra minha carreira. Não preciso nem falar sobre a grandeza do São Paulo. É um clube muito grande e muito conhecido na Argentina. O escudo foi a motivação principal”, elogiou.

O Tricolor pode exercer o direito de compra do atleta junto ao Independiente-ARG ao término do contrato.

O meia já trabalhou com a comissão técnica do técnico Hernán Crespo, mas será a primeira vez que irá trabalhar diretamente com seu compatriota.

"Já conheço a maioria da comissão técnica de Hernán. É um corpo técnico muito eficiente. Precisa estar 100% fisicamente e mentalmente. Os treinamentos são 100% com uma ideia de jogo que é ter na bola e na hora de perder ser muito intenso pra recuperar e ser protagonista em todos os campos. Como técnico está indo muito bem e espero que continue muito bem esse ano. Pra mim é muito bom falarmos o mesmo idioma e vai me ajudar na passagem pelo São Paulo. Minha adaptação vai ser importante com uma comissão técnica argentina”, explicou o meia. 

Benitez teve alguns problemas com lesões na última temporada quando atuou pelo Vasco, mas vê isso com naturalidade no meio do esporte de alto rendimento. 

“Jogador quando entra em campo trabalha com o corpo e corre risco de lesões. Nas partidas e nos treinamentos. Hoje em dia com todas as tecnologias isso é uma grande ajuda para estar à altura de São Paulo. Desejo estar 100% sempre pra ajudar e estar à disposição do treinador”, disse o meio-campista.

Agora oficializado, o novo reforço vive a expectativa de ser inscrito pelo São Paulo no Paulistão. Restam três vagas na lista A, mas o Tricolor apresentou cinco novos jogadores.

"Treinar pra estar 100% pra ganhar meu lugar e mostrar no treinamento para estar na equipe e jogar. Só depende de mim nos treinamentos e no dia a dia e depois a decisão será tomada pela comissão técnica”, afirmou.

Meia de origem, o argentino disse que pode ser útil em outras funções no time de Crespo. 

"Minha principal característica é armar a jogada para os atacantes marcarem os gols, e na hora de defender, ser um defensor a mais. Normalmente posso jogar no meio ou mais adiantado ou ser um ponta pra estar sempre perto do 9. Tem umas duas ou três posições que posso fazer tranquilamente”, justificou.

Benitez chega num momento de muita pressão por títulos no São Paulo, mas vê isso como chance de marcar seu nome no novo clube. 

“Todo mundo sabe da pressão que existe na nossa equipe. É uma oportunidade de fazer história no São Paulo e ser um grande ano pra todos”, vislumbrou.

Destaque do Vasco mesmo em meio à campanha de rebaixamento no último Brasileirão, o argentino não esqueceu de seu ex-clube. Ele esteve em 24 jogos do cruzmaltino no torneio, onde marcou dois gols e deu duas assistências.

" Sou muito agradecido ao Vasco, fiquei muito triste [com a queda]. O Vasco é muito grande”, lamentou.

O atleta ainda exaltou poder jogar com Daniel Alves, e disse que pretende “escutá-lo muito”. Ele ainda opinou sobre as diferenças entre as escolas brasileira e argentina de futebol.

"Existe muita diferença entre Argentina e Brasil. Aqui tem muita qualidade. La é mais difícil de encontrar. Mas somos mais constantes, existe mais disciplina e competimos um pouco mais, por não ter esse talento. Creio que Hernán vai tentar transformar essa mescla entre Argentina e Brasil", opinou. 

Pelo São Paulo, Benitez ainda exaltou o fato de disputar novamente a Libertadores. 

" A Libertadores é algo lindo. É o nível mais alto da carreira jogar essa competição. Ter que jogar na altitude, em lugares que os campos são distintos. São Paulo é um time que a camisa pesa e tomara que pese a nosso favor. Que possamos assimilar a grandeza do clube e usa-la a nosso favor. Se você não está 100%, não vai bem”, finalizou. 

  • benítez
  • são paulo
  • campeonato paulista