Esportes

Renata Fan reclama de pênalti não dado ao Inter e manda recado para Gabigol

Da Redação, com Jogo Aberto 26/02/2021 • 12:25 - Atualizado em 26/02/2021 • 13:50
Renata Fan criticou a arbitragem dos últimos jogos do Inter
Renata Fan criticou a arbitragem dos últimos jogos do Inter
Reprodução/Jogo Aberto

“Estrela” da reta final do Brasileirão 2020, o VAR dividiu o protagonismo com os jogadores também na última rodada. E dessa vez quem reclamou mais foi o Inter. O Colorado só empatou com o Corinthians em casa, e o Flamengo, mesmo perdendo para o São Paulo, comemorou o título – o oitavo brasileiro do clube. No jogo do Beira-Rio, um lance em especial deixou os colorados furiosos, incluindo Renata Fan.

A apresentadora do Jogo Aberto reclamou no programa desta sexta-feira, 26, da arbitragem de Wilton Pereira Sampaio, principalmente de um pênalti marcado a favor do Inter, mas retirado após checagem no VAR. Moisés tentou cruzar rasteiro, mas a bola parou no braço de Ramiro, caindo no chão ao dar um carrinho. O lance foi no primeiro tempo, e poderia ter mudado a história do campeonato. Um dia depois, Renata criticou.

“Wilton Pereira Sampaio, convicto, marca um pênalti e, quatro minutos [depois], ‘bla bla bla’, ele vai para o VAR, volta e faz aquele gesto [com os braços, anulando o pênalti]”, lamentou a apresentadora, que reclamou do que chamou de “interferências”.

Veja a classificação final do Brasileirão 2020.

“Só queria que tivesse sido um pouco mais transparente, com menos interferências. Não vou dizer que foi só por isso, mas acho que isso é grande parte da perda do título. Não gostei como a arbitragem se comportou nos últimos jogos”, disse, referindo-se à expulsão de Rodinei na derrota do Inter para o Flamengo no Maracanã, na penúltima rodada, que deixou o Rubro-Negro na liderança.

Renata reconheceu que o Inter perdeu pontos importantes na reta final, como na derrota em casa para o Sport.

“Para não ficar só choro, claro que o Inter teve tropeços, assim com o Flamengo, ou não teria conquistado o título com um ponto só [de vantagem, 71 a 70]”, admitiu.

Gabigol

Na comemoração, Gabigol respondeu o colorado Thiago Galhardo, que havia provocado o Flamengo. O atacante do Flamengo lembrou que o meia ficou sem o título e sem a artilharia. Mas Renata lembrou que Galhardo ainda marcou mais gols que o rubro-negro no Brasileirão – 17 contra 14. No topo ficaram Luciano, do São Paulo, e Claudinho, do Red Bull Bragantino, empatados com 18.

“Eu entendo que vocês ficaram ‘bolados’ que o Galhardo provocou, mas ele fez mais gols do que você [Gabigol] no campeonato”, disse.

Assista:

  • Flamengo
  • Inter