Esportes

Saiba quanto tempo Lelê, do Corinthians e da Seleção, ficará fora devido à lesão

Goleira do Timão sofreu ruptura do ligamento do joelho e pode perder Olimpíadas de Paris

Da redação

Lelê, goleira do Corinthians e da Seleção, corre risco de perder Olimpíadas
Lelê, goleira do Corinthians e da Seleção, corre risco de perder Olimpíadas
Thais Magalhães/CBF
Topo

Referência no gol do Corinthians e da Seleção Brasileira feminina, a goleira Lelê sofreu uma lesão grave no treinamento do time alvinegro no último sábado (10) e corre sério risco de ficar fora das Olimpíadas de Paris, que começam em julho deste ano.

A goleira teve ruptura total do ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho esquerdo, constatada em exames de imagem. O Corinthians não divulgou prazos, mas o tempo de recuperação deste tipo de lesão entre atletas é de oito meses a um ano.

O Timão informou que Lelê iniciará a recuperação com o Núcleo de Saúde e Performance do Corinthians e, ao longo dos próximos dias, serão definidos os procedimentos adotados para a recuperação da goleira.

Quando há a necessidade de cirurgia, na média o tratamento inclui três meses de fisioterapia, três meses de fortalecimento e outros três meses de transição para o esporte. Os atletas também costumam precisar de mais um tempo extra para readquirir ritmo de jogo.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais