Bora Brasil

Criminosos criam apps clandestinos e extorquem motoristas no RJ

A determinação teria partido de traficantes da favela do Guarabu, na Ilha do Governador

Da redação com Priscila Xavier

Criminosos criam apps clandestinos e extorquem motoristas no RJ
Motoristas de aplicativo denunciam extorsão no Rio
Rovena Rosa/Agência Brasil

Motoristas da Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, denunciam que estão sendo forçados a se cadastrarem em um aplicativo clandestino e pagar uma taxa mensal de R$ 400 a traficantes para continuar efetuando corridas na região. A determinação teria partido de traficantes da favela do Guarabu. 

Na Zona Oeste, muitas pessoas que vivem em áreas dominadas pelo crime organizado já precisaram se adequar a situações semelhantes. Na região que compreende os bairros da Muzema, do Itanhangá, de Rio das Pedras e da Gardênia já há, da mesma forma, aplicativos próprios do crime organizado. 

Na área, que é alvo de disputa entre a milícia e o tráfico de drogas, vivem cerca de 200 mil habitantes. Segundo um motoboy ouvido pela equipe da Band Rio, o tráfico de drogas passou a proibir que motociclistas circulem na comunidade sem capacete.

A imposição partiu de traficantes, que invadiram a favela da Muzema e expulsaram a milícia do local. Em nota, a Polícia Militar informou que não foi acionada para nenhuma das ocorrências.

Banner Whatsapp

Mais notícias

Carregar mais