Notícias

Fundação pró-sangue está com estoque em nível crítico; veja como doar

A Pró-Sangue atende mais de 80 instituições de saúde da região metropolitana de São Paulo

Da redação com Cesar Cavalcante

O candidato deve verificar os requisitos básicos para doação
O candidato deve verificar os requisitos básicos para doação
Tomaz Silva/Agência Brasil

As férias e feriados prolongados são períodos que afastam os doadores de sangue dos hemocentros. E aliado a isso, a cidade de São Paulo vive um período com alta de casos de dengue, doença que impede a doação de sangue por 30 dias. Nesse cenário, o estoque da Fundação pró-sangue está em nível crítico.

A coleta de sangue não tem sido suficiente para recompor as reservas de hemocomponentes. Atualmente o estoque opera com 27% da sua capacidade. A Pró-Sangue atende mais de 80 instituições de saúde da região metropolitana de São Paulo, entre elas o Hospital das Clínicas, o ICESP, Incor entre outros grandes complexos hospitalares e de referência para a população.

Os tipos O+, O-, B+, B- e AB- estão em emergência (para menos de 1 dia). Já o sangue A- está crítico, sendo que o A+ está em alerta. Se esse cenário não for revertido, há risco de desabastecimento de sangue. 

Como doar e pré-requisitos

Além de fazer seu agendamento online pelo site da Pró-Sangue, o candidato deve verificar os requisitos básicos para doação, sendo os principais: estar em boas condições de saúde e alimentada, ter entre 16 e 69 anos (para menores de idade, consultar o site), pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato.

Recomenda-se também evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem à doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. Se o candidato estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apto à doação.

Tópicos relacionados