Notícias

Hamas decapitou 40 bebês? Veja o que se sabe sobre o massacre em Kfar Aza

Notícia foi dada por correspondente do canal israelense i24News, mas Forças Armadas do país não confirmaram número de crianças mortas no conflito

Da redação

Hamas decapitou 40 bebês? Veja o que se sabe sobre o massacre em Kfar Aza
Reprodução/Forças de Defesa de Israel

Embora o canal israelense i24News tenha divulgado nesta terça-feira (10) que 40 bebês foram encontrados mortos na comunidade de Kfar Aza, em ataque do Hamas que teve início no sábado (7), as Forças Armadas do país não confirmaram a informação através dos canais oficiais.  

O tenente-coronel Richard Hecht, porta-voz dos militares, afirmou na conta oficial do órgão de defesa que era muito cedo para fornecer um número total de baixas no local, mas disse que “crianças, bebês e idosos foram brutalmente massacrados no modo de ação do ISIS”.

Kfar Aza fica no sul de Israel, nas proximidades da Faixa de Gaza, a cerca de cinco quilômetros de distância do território palestino (assista à retirada de corpos abaixo). Até agora, as Forças Armadas estimam cerca de mil israelenses mortos no conflito, no total. Outros 130 são reféns.

De onde surgiu a infomação de 40 bebês mortos

  • A informação do número de bebês, com alguns decapitados, foi dada pela correspondente Nicole Zedeck durante reportagem feita no local.
"Um dos comandantes aqui disse que, ao menos, 40 bebês foram mortos. Alguns deles foram decapitados, ele disse que nunca viu um ato de brutalidade desta forma", disse a jornalista.
  • Depois, Nicole republicou em seu perfil nas redes sociais trecho da cobertura do i24News que menciona as 40 crianças assassinadas dizendo que o número era incerto.
"Os soldados disseram que acreditam que 40 bebês/crianças foram mortos. O número exato de mortos ainda é desconhecido", escreveu.

Em outro trecho da cobertura do i24News, o subcomandante de unidade David Ben Zion diz que bebês tiveram as cabeças retiradas, sem especificar o número. 

"Eles são agressivos, são muito maus. Eles cortaram fora a cabeça de mulheres e crianças", relata sobre o Hamas.

Para a agência de notícias turca Anadolu, um porta-voz do Exército de Israel disse que não é possível confirmar que “o Hamas decapitou bebês” (veja mais informações  sobre o ataque em Kfar Aza na reportagem abaixo).

Entenda o conflito entre Hamas e Israel

No último sábado, uma série de ataques do Hamas contra Israel em uma intensidade nunca vista antes espalhou tensão no mundo todo, mas a tensão entre israelenses e palestinos dura mais de 70 anos.

Os conflitos misturam política e religião. Em 1947, a ONU aprovou a divisão da Palestina em dois Estados e Israel foi criado, mas os palestinos não aceitaram. Israel afirma que Jerusalém é a capital, já os palestinos reivindicam o mesmo para a parte oriental da cidade.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais