Jornal da Band

Drone com visão noturna ajuda nas buscas por Lázaro Barbosa em GO

Caçada no Entorno de Brasília já chega a 16 dias

Da Redação, com Jornal da Band 24/06/2021 • 20:39 - Atualizado em 24/06/2021 • 22:32

Dezesseis dias e nenhuma pista concreta do paradeiro de Lázaro Barbosa de Souza, foragido das polícias de Distrito Federal e Goiás desde as mortes de quatro pessoas da mesma família em Ceilândia (DF). A aposta agora é na tecnologia para tentar encontrar o criminoso. As informações são do Jornal da Band.

A cada dia que passa, um novo reforço chega. Desta vez, um drone, utilizado pela Receita Federal nas fronteiras do Brasil, foi cedido à polícia.

O equipamento tem visão térmica e noturna, e é capaz de identificar zonas de calor em meio à mata, inclusive à noite.

A polícia acredita que Lázaro Barbosa espere o anoitecer para buscar novos abrigos e comida, o que dificulta sua localização. Com o novo equipamento, espera-se que essa barreira possa ser superada.

Outro reforço importante recebido pela força-tarefa nesta semana são rádios de comunicação de longo alcance, cedidos pelo Exército.

A polícia ainda não sabe se Lázaro continua em uma zona de mata no interior de Goiás ou se conseguiu escapar para outro estado.

Denúncias de um raio de 100 quilômetros estão sendo recebidas por um aplicativo de celular. A força-tarefa investiga relatos de assaltos e troca de tiros em chácaras.

As autoridades acreditam que os bandidos da região possam estar se aproveitando da situação para cometer crimes que seriam atribuídos a Lázaro.

  • Jornal da Band
  • Lázaro Barbosa
  • DF
  • GO