Jornal da Band

PCC usa curso de medicina em universidade como álibi

Da Redação 09/04/2021 • 22:46
PCC usa curso de medicina em universidade como álibi
PCC usa curso de medicina em universidade como álibi
Reprodução TV

Um curso de medicina no Paraguai estaria servindo de álibi para bandidos do PCC circularem pelo país enquanto organizam o tráfico de armas e drogas para o Brasil.

Weslley Neres dos Santos, o Bebezão, um dos líderes do PCC na fronteira, estava matriculado na Universidade Central do Paraguai até ser preso no mês passao em Pedro Juan Caballero.

Outro integrante da cúpula da facção criminosa usava a mesma artimanha. Cleverson Portelli vestia uma camiseta da mesma faculdade quando foi pego no último dia 31, em Ponta Porã, com armas, drogas e anotações do grupo criminoso.

Policiais Federais brasileiros e agentes da secretaria nacional antidrogas do Paraguai investigam uma lista com cerca de 50 alunos que podem fazer parte do PCC e estariam sendo bancados pela facção para se passarem por estudantes enquanto cuidam do tráfico.

Em nota, a universidade declarou que não dá cobertura para o crime organizado. Um dos diretores da instituição é investigado por suposto envolvimento no esquema.

  • Jornal da Band