Jornal da Band

Rio sofre com epidemia de gripe após surgimento de nova variante do vírus

Aumento de casos em mais de 2.000% motivou a falta de medicamentos nas farmácias

Da redação com Jornal da Band

A gripe no Rio de Janeiro já provoca falta de remédios nas farmácias. Para piorar, os hospitais e postos de saúde estão lotados de pacientes. As autoridades de saúde já admitiram que a capital fluminense vive uma epidemia num cenário em que os atendimentos aumentaram mais de 2.000% em 15 dias.

A maioria dos casos foi provocada por uma nova cepa do vírus, que encontrou na cidade um ambiente ideal para a disseminação do vírus. “Mais uma variante surgiu do vírus influenza. Até o momento, nós não temos dados para dizermos que esta variante causará casos mais graves”, disse Marilda Siqueira, virologista da Fiocruz.

“Havia uma baixa cobertura vacinal - ainda é baixa. Então, o vírus encontrou um ambiente propício nas pessoas e pôde se transmitir porque as pessoas começaram a retirar as máscaras”, explicou Mário Dal Poz, sanitarista e professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). 

Na última sexta-feira, 10, a vacinação contra a gripe foi retomada após uma semana suspensa por falta de doses. Porém, a meta de imunizar 80% do público-alvo está abaixo do esperado. Menos de 60% dos idosos se vacinaram, por exemplo. Nas farmácias, remédios como o Tamiflu e vitamina C desapareceram das prateleiras. 

CTA Desktop

Mais notícias

Carregar mais