Notícias

Juíza determina manutenção da prisão do ex-vereador Cristiano Girão no Rio de Janeiro

Ele foi preso acusado de contratar o policial militar reformado para matar o rival na disputa pela milícia da Gardênia Azul

Thaiana de Oliveira, da BandNews FM 03/08/2021 • 07:23 - Atualizado em 03/08/2021 • 11:15
Juíza determina manutenção da prisão do ex-vereador Cristiano Girão no Rio de Janeiro
Juíza determina manutenção da prisão do ex-vereador Cristiano Girão no Rio de Janeiro
Divulgação/Polícia Civil de São Paulo

A juíza Monique Corrêa Brandão dos Santos Moreira determinou a manutenção da prisão do ex-vereador e bombeiro reformado Cristiano Girão, de 49 anos, em audiência de custódia.

Girão foi preso acusado de contratar o policial militar reformado para matar o rival na disputa pela milícia da Gardênia Azul, na zona oeste, em 2014. Na ocasião, a namorada da vítima também morreu.

Ronnie Lessa está preso acusado de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista dela Anderson Gomes, em 2018.

Preso em São Paulo, Girão foi transferido para o Rio de Janeiro. Na audiência com a juíza, ele declarou apenas à magistrada que, como comerciante, dispões de renda mensal de R$ 20 mil.

Procurada, a defesa de Girão informou que decisão da juíza, em sede de audiência de custódia, já era esperada e que, em casos de prisão preventiva, a audiência de custódia apenas verifica se houve alguma ilegalidade ou abuso de poder no cumprimento da prisão.

  • Cristiano Girão
  • prisão
  • Rio de Janeiro