Notícias

Projeto na Câmara de SP discute distribuição de absorventes a estudantes

Além de absorventes, o texto prevê a distribuição de outros itens de higiene, como lenço umedecido, desodorante, sabonete, escova de dente, pasta e fio dental

Bruna Barboza, da Rádio Bandeirantes 22/06/2021 • 13:41 - Atualizado em 22/06/2021 • 16:28

A Câmara Municipal de São Paulo deve aprovar hoje um projeto que autoriza o fornecimento de absorventes para alunas da rede municipal de ensino. O PL, de autoria do prefeito Ricardo Nunes, foi aprovado em primeiro turno na semana passada.

Além de absorventes, o texto prevê a distribuição de outros itens de higiene, como lenço umedecido, desodorante, sabonete, escova de dente, pasta e fio dental.

Para a vereadora Sandra Tadeu, do DEM, o PL é uma forma de evitar a evasão escolar. “Nós estávamos com uma falta enorme de meninas nas escolas e os professores começaram a reparar, inclusive, que determinadas meninas faltavam durante um período do mês. Fizeram um levantamento e realmente era o problema [da falta] dos absorventes”, disse. 

Na semana passada, o governo do estado lançou um projeto para distribuição de produtos de higiene menstrual a alunas de baixa renda. 

Dados do Unicef apontam que, no Brasil, uma em cada quatro alunas do ensino fundamental falta às aulas durante o período menstrual por falta de dinheiro para comprar absorventes.

  • projeto
  • Câmara
  • São Paulo
  • distribuição
  • absorventes
  • estudantes