Notícias

Salvador confirma cancelamento de festa oficial de réveillon

Prefeito Bruno Reis anunciou que não há segurança sanitária para a realização do evento

Gabriel Nascimento, da BandNews FM, com Rádio Bandeirantes 29/11/2021 • 09:30 - Atualizado em 29/11/2021 • 14:07

A festa oficial de réveillon foi cancelada em Salavdor. O prefeito Bruno Reis anunciou na manhã desta segunda-feira (29) que não há segurança sanitária para a realização do Festival da Virada.

O Festival Virada Salvador seria realizado a partir do dia 28 de dezembro e seguiria até o dia 1° de janeiro de 2022. Mais de dois de milhões de pessoas passaram pelo evento realizado em 2019.

Sobre o Carnaval de 2022, o prefeito disse que o martelo ainda não foi batido, já a decisão será tomada em conjunto com o governo do estado, Rui Costa

Atualmente em Salvador, a ocupação de leitos destinados a Covid-19 é de 35% nas UTIs de adultos e de 95% nas UTIs destinadas a crianças e adolescentes.

Na capital baiana, pouco mais de 2,1 milhões de pessoas tomaram a primeira dose ou dose única da vacina contra a Covid-19, considerando a segunda dose ou dose única são mais de 1,7 milhão de imunizados.

O cancelamento acontece em meio à descoberta de uma nova cepa do coronavírus na África. A partir desta segunda (29), o Brasil vetou a entrada de viajantes vindos de países da África por causa da nova variante, a ômicron. A medida afeta os passageiros que chegam da África do Sul, Botsuana, Eswatini (antiga Suazilândia), Lesoto, Namíbia e Zimbábue. Veja a lista de países que já detectaram a nova cepa.

Vídeo: SP divulga lista de blocos de rua para Carnaval de 2022

Ômicron: O que se sabe sobre a nova variante da covid-19 com mais de 30 mutações

Cientistas fizeram um alerta sobre uma nova variante da covid-19 que tem um número alto de mutações e pode causar uma nova onda de infecções pela doença, já que ela poderia escapar dos sistema imunológico. Ela foi classificada como “preocupante” pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e ganhou um novo nome: Ômicron.

A OMS resolveu nomear as novas cepas do Sars-cov-2 com letras do alfabeto grego. Ômicron é a 15ª letra. 

Os primeiros casos da variante B.1.1.529 foram identificados em Botsuana em 11 de novembro. Três dias depois, o primeiro de vários casos do B.1.1.529 foi confirmado na África do Sul. Um caso detectado em Hong Kong foi o de um homem que tinha visitado a África do Sul.

Um outro caso foi detectado em Israel --uma pessoa que veio do Malauí. Na Bélgica, um caso também foi detectado --a pessoa passou por Egito e Turquia.

Ainda não há informações a possibilidade de a variante Ômicron apresentar uma mudança nos sintomas ou na gravidade da Covid.