Band Vale

Helicóptero carregado com cocaína, que caiu na fronteira com Paraguai, está registrado em nome de empresa de Taubaté

Duas pessoas morreram em acidente na última quarta-feira (20)

Redação Band Vale, com Vale Urgente 21/10/2021 • 11:50 - Atualizado em 21/10/2021 • 13:45
Helicóptero carregado com cocaína, que caiu na fronteira com Paraguai, está registrado em nome de empresa de Taubaté
Helicóptero carregado com cocaína, que caiu na fronteira com Paraguai, está registrado em nome de empresa de Taubaté
Divulgação/Polícia Civil

Duas pessoas morreram após a queda de um helicóptero na última quarta-feira (20), em Ponta Porã, Mato Grosso do Sul, fronteira com Paraguai. As informações são de Rauston Naves, do Vale Urgente.

A aeronave estava carregada com 246 quilos de cocaína. O helicóptero está em situação regular, mas não teria registrado a viagem na Infraero, o que aponta para um voo irregular.

O helicóptero modelo Robinson R66 Turbine prefixo PR ITT está registrado em uma empresa ligada ao ramo imobiliário de Taubaté.

Em nota, a empresa SPE 8 MZ informou que o helicóptero foi vendido em julho e a negociação foi registrada junto à Anac no dia 11 de outubro. O comunicado também afirma que a SPE 8 MZ não possui relação com o comprador da aeronave.