Band Vale

Queda de avião bimotor em Ubatuba: o que se sabe sobre a aeronave

Aeronave estava em situação regular e pertencia ao copiloto

Redação Band Vale 25/11/2021 • 11:02
Proproietário do avião bimotor, que caiu em Ubatuba, é José Porfirio de Brito Junior
Proproietário do avião bimotor, que caiu em Ubatuba, é José Porfirio de Brito Junior
Reprodução/Instagram

Apesar de estar em situação regular, a aeronave que caiu na divisa entre Ubatuba (SP) e Paraty (RJ), não tinha autorização para a realização de táxi aéreo.

O proprietário da aeronoave era José Porfirio de Brito Junior, que atuava como copiloto no momento do acidente. Ele postou um vídeo do avião no ar em suas redes sociais.

As informações iniciais são de que três pessoas estavam a bordo da aeronave: piloto, copiloto e um passageiro. 

O voo saiu às 20h30 da quarta de Campinas, no interior de São Paulo, e pousaria no Aeroporto de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. Havia nevoeiro na região na hora estimada do acidente, mas não chovia.

De acordo com o RAB (Registro Aéreo Brasileiro), a aeronave era do modelo PA-34-220T, da Piper Aircraft, com ano de fabricação 1981. O modelo carrega no máximo seis passageiros e no momento da decolagem, não pode carregar mais de 2.155 quilos.

Buscas pelo avião bimotor

Segundo a FAB (Força Aérea Brasileira), por volta das 6h35, foram localizados destroços no mar com probabilidade de serem da aeronave desaparecida. A localização foi repassada aos órgãos de busca marítima e os voos continuam. 

O Corpo de Bombeiros de São Paulo faz buscas por mar nas proximidades da Ilha das Couves, em Ubatuba, última localização de registro da aeronave.