Band Vale

Região de São José dos Campos reduz estupros, roubos e furtos em maio

E alcança menor patamar da série histórica de furtos, latrocínios, roubos de veículos e em geral

Redação Band Vale 28/06/2022 • 10:56
Região de São José dos Campos reduz estupros, roubos e furtos em maio
Região de São José dos Campos reduz estupros, roubos e furtos em maio
Reprodução/Google Maps

O Vale do Paraíba terminou o mês de maio com redução nos estupros e em todas as modalidades de furtos. Roubos em geral e de veículos também caíram, enquanto os roubos a banco permaneceram zerados.

Os dados são da SSP (Secretaria de Segurança Pública) e a utilizada têm como referência o mês de maio e os cinco primeiros meses de 2019, primeiro ano pré-pandemia em que não houve restrição da circulação das pessoas. 

Nos últimos dois anos, São Paulo viveu um período de grande isolamento social, causado pela pandemia do coronavírus e que impactou diretamente na dinâmica criminal. Em 2020, a média de pessoas que permaneciam em suas casas, medida pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), foi de 45%. Já em 2021, o número ficou em 42%. 

Os casos de estupro tiveram redução expressiva de 27,1%, em maio. Foram 26 casos a menos, passando de 96 ocorrências para 70.

Nenhum latrocínio foi registrado no mês passado. No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, houve redução de dois casos (de 6 para 4), o menor patamar da série histórica.

Os roubos em geral tiveram a queda mais acentuada, de 46,1%, de 707 para 381 ocorrências. De janeiro a maio (2022/2019), o total de casos registrados caiu de 3.091 para 2.030, redução de 34,3%. Estes foram os menores registros da série histórica, iniciada em 2001.

Os furtos de veículos diminuíram 40,7%, de 329 para 195 casos. Já os roubos de veículos recuaram 33,7%, de 104 para 69 casos. Nos primeiros cinco meses do ano, a redução dos furtos de veículos foi de 41,1% e a dos roubos de veículos de 35,3%. As duas modalidades criminais chegaram ao menor patamar da série histórica.

Os furtos em geral reduziram 3,2% em maio, de 1.936 ocorrências em maio de 2019 para 1.874 em igual mês deste ano. Analisando os cinco primeiros meses dos mesmos anos, a redução foi de 6,8%, de 9.928 para 9.250 casos. Assim, essa modalidade de crime também alcançou o menor patamar da série histórica.    

A região teve queda acentuada dos roubos de carga, de 17 para 7 registros. Nos primeiros cinco meses do ano, houve uma redução de 36,6%. Em 2019 foram registrados 82 casos, e este ano foram 52. Uma redução de 30 casos. Os roubos a banco permanecem zerados.