Band Vale

Trabalhadores da MWL bloqueiam saída de caminhões na planta de Caçapava

Frota só será liberada caso a empresa esvaziem os veículos, ou provem que o dinheiro da mercadoria seja usado no pagamento dos salários

Redação Band Vale 29/06/2022 • 13:45
Metalúrgicos da MWL bloqueiam saída de caminhões
Metalúrgicos da MWL bloqueiam saída de caminhões
Divulgação/ Sindicato dos Metalúrgicos

Os trabalhadores da MWL bloquearam, nesta quarta-feira (29), a saída de três caminhões carregados com rodas produzidas na fábrica, em Caçapava.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, a ação ocorreu contra o atraso nos salários dos trabalhadores. Os veículos bloqueados transportam cerca de 200 rodas de aço para trens. Cada uma vale cerca de 5 mil dólares. 

Estima-se que a carga que a empresa tenta retirar da fábrica valha pelo menos 1 milhão de dólares, um pouco mais de R$ 5 milhões. A movimentação da MWL foi flagrada no início da noite de ontem. Em seguida, os metalúrgicos organizaram a ida à empresa para deter a retirada das mercadorias.

Os trabalhadores, acompanhados do Sindicato, afirmam que só irão liberar os caminhões se deixarem a MWL vazios ou se a empresa garantir, por escrito e com homologação da Justiça, que o dinheiro originado pela venda dessas rodas seja usado para pagar os salários.