BandNews FM

Após superar ‘batalha psicológica’, jogador transgênero Marcelo busca clube na Espanha

Atleta com 16 anos de carreira preteriu um sonho para realizar outro

Bruno Camarão 23/09/2021 • 16:22 - Atualizado em 24/09/2021 • 10:33
Marcelo, hoje na Espanha, se reinventa após transição de gênero
Marcelo, hoje na Espanha, se reinventa após transição de gênero
Foto: Instagram

O jogador transgênero Marcelo Nascimento Leandro, que antes da transição de gênero em 2019 atuava pelo time feminino de futebol de campo do Corinthians, tem o desejo de atuar na categoria masculino. E inclusive dá os primeiros passos na Espanha, país onde reside.

Em entrevista à BandNews FM, o ex-atleta da seleção feminina de futsal falou sobre o processo de documentação aguardado, citou alguns treinos realizados com amadores e disse ter se sentido muito confortável.

O nível físico, claro, pode ser um dos empecilhos para seguir em atividade de alto desempenho – são 16 anos de carreira, registra Marcelo, que em 2015 entendeu a questão da transição de gênero e passou a buscar conhecimento.

“Sempre me notei peculiar. Não me enquadrava quando se fazia a divisão. Gostava mais das situações ligadas ao gênero masculino”, relembra.

Marcelo optou por iniciar o tratamento hormonal logo depois de ter feito um 2018, esportivamente, muito bom pelo Corinthians. Como todo atleta, almejava ingressar na seleção. Só que também, no lado mais pessoal, não estava “psicologicamente estável para seguir em frente”.

“É um caminho meio solitário. Você tem muitas perguntas e nem todas as respostas”.

Confira o bate-papo na íntegra com Bruno Camarão: