BandNews FM

Motoristas são vítimas de dois arrastões no centro de São Paulo nesta terça (21)

Ouvintes da BandNews FM, que presenciaram os roubos, contam que as ações ocorrem da mesma forma. Os bandidos aproveitam os semáforos fechados para cometerem os crimes.

Central de Ouvintes Ricardo Boechat 21/12/2021 • 16:36 - Atualizado em 21/12/2021 • 16:40
s bandidos aproveitam os semáforos fechados para cometerem os crimes.
s bandidos aproveitam os semáforos fechados para cometerem os crimes.
Foto: Arquivo/Agência Brasil

Motoristas são vítimas de dois arrastões no centro de São Paulo nesta terça-feira.

As compras de fim de ano tem atraído um número maior de consumidores para a região e, consequentemente, provocado mais congestionamento.

Ouvintes da BandNews FM, que presenciaram os roubos, contam que as ações ocorrem da mesma forma. Os bandidos aproveitam os semáforos fechados para cometerem os crimes.

Em alguns casos, os vidros dos automóveis são quebrados ou se aproveitam do trânsito parado para abrirem as portas dos carros.

A analista de sistemas Cláudia Lenci presenciou o momento em que um motorista foi assaltado na Rua da Consolação.

"Eles abordaram o carro que estava na frente e levaram o celular. Foi tudo muito rápido", disse.

Nesta terça-feira, mais um arrastão foi registrado na região central. Na Avenida do Estado, próximo ao Museu do Catavento, pelo menos três motoristas foram roubados no trânsito.

Um ouvinte, que prefere não ser identificado, viu toda a ação e conta como foi a abordagem.

"Eles estavam disfarçados de vendedores ambulantes. Eu vi três carros sendo assaltados", conta.

A Polícia Militar afirma que realiza o policiamento nos locais citados pela BandNews FM com base em critérios técnicos e sistemas inteligentes.

Toda ocorrência de crime é passada para a Polícia Civil, que pode investigar, ouvir as vítimas e identificar os criminosos através de câmeras da região e outras provas, além de pedir à justiça a prisão dos envolvidos.

O órgão esclarece que até o mês de novembro deste ano, a Polícia Militar atendeu 17 milhões de chamados da população, prendeu 110 mil criminosos e aprendeu 6.600 armas de fogo.