BandNews FM

Rússia pede retirada de tropas da OTAN para conter tensão na Ucrânia

Presidente dos EUA declara que se alguma unidade russa passar a fronteira com a Ucrânia, isso será considerado uma invasão

Rádio BandNews FM 21/01/2022 • 11:47 - Atualizado em 21/01/2022 • 15:56
Washington promete uma reação severa no caso de uma invasão.
Washington promete uma reação severa no caso de uma invasão.
Foto: EBC

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou nesta sexta-feira (21) que as tensões na fronteira com a Ucrânia só serão reduzidas se a Otan, aliança militar que reúne países da Europa, Estados Unidos e Canadá, retirar tropas estrangeiras da Bulgária e da Romênia, países que fazem parte da Organização do Tratado do Atlântico Norte.

O governo búlgaro tem pedido esforços de Moscou para diminuir as tensões e a iminência de uma guerra na região.

A tensão na região do Leste Europeu vem em uma escalada há cerca de um mês.

A Rússia tem tropas posicionadas na fronteira com a Ucrânia e tem realizado treinamentos militares. As ações de Moscou ampliaram os temores da União Europeia e dos Estados Unidos em relação a uma invasão russa ao país vizinho.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que se alguma unidade russa passar a fronteira com a Ucrânia, isso será considerado uma invasão.

Washington promete uma reação severa no caso de uma invasão.

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o secretário de Estado americano, Antony Blinken, tem uma reunião marcada em Genebra nesta sexta-feira (21) para conversar sobre as tensões envolvendo a Ucrânia.