Notícias

Mesmo com redução no preço do diesel, caminhoneiros ainda reclamam do preço

A diminuição no valor de venda pela Petrobras para as distribuidoras entrou em vigor nesta sexta-feira (5)

Gabriela Morgado 05/08/2022 • 14:38
Os motoristas afirmam que os valores ainda são altos
Os motoristas afirmam que os valores ainda são altos
Everton Alves

Motoristas afirmam que a redução no preço do diesel não é suficiente para cobrir o alto custo com combustível. A diminuição no valor de venda em R$ 0,20 por litro pela Petrobras para as distribuidoras entrou em vigor nesta sexta-feira (5). 

Em parte dos postos onde as bombas ainda estão abastecidas com o preço antigo a queda só deve acontecer no fim de semana ou na segunda-feira (8).

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis antes da redução o preço médio do diesel no país era de R$ 7,42. Na Avenida Brasil, principal via expressa do Rio, o preço variava entre R$ 6,89 e R$ 7,49, nesta sexta.

Os motoristas afirmam que os valores ainda são altos.

Dono de três empresas de transporte, Flávio Santos lembra que as mudanças de preço no diesel também podem afetar o valor dos produtos transportados.

Essa é a primeira redução no preço do diesel pela Petrobras desde maio do ano passado. O combustível sofreu sucessivos aumentos desde então.

A queda é anunciada uma semana depois de a direção da estatal divulgar que o diesel provavelmente seguiria com os mesmos valores e poderia até mesmo sofrer aumento no fim do ano.