Notícias

Tribunal de Justiça despeja empresa Rebocar de pátio do Detro

Dona da companhia não paga aluguel em Vargem Grande há pelo menos cinco meses

Priscila Xavier 18/05/2022 • 12:19
Estacionamento ficava em Vargem em Grande
Estacionamento ficava em Vargem em Grande
Divulgação/Prefeitura do Rio

O Tribunal de Justiça do Rio decide despejar a empresa Rebocar do pátio do Detro, em Vargem Grande, na Zona Oeste. Segundo as investigações, Priscila Santos, conhecida como "rainha do reboque" e dona da empresa, não paga o aluguel do local há pelo menos cinco meses. A dívida chega aos dois milhões de reais.

Na decisão, a juíza Adriana Angeli afirma que não houve intimação devido à ausência de funcionários. A magistrada determinou que o Detro faça a remoção dos veículos e adote as medidas quanto à regularização dos carros. 

Em nota, o Detro afirmou que vai fazer um inventário dos veículos e contatar os proprietários dos veículos. O órgão alegou que a rebocar ainda não quitou nenhum dos meses em débito.

Além dos alugueis, Priscila Santos deve mais de cinco milhões de reais aos cofres públicos por falta de repassa dos veículos rebocados e leiloados.

A defesa dela foi procurada, mas não foi localizada.