Entretenimento

O que fazer quando o cachorro lambe as patas até se ferir? Veterinária explica

Manu Karsten dá dicas para diminuir a ansiedade dos bichinhos, principalmente quando estiverem sozinhos

Manu Karsten, com rádio BandNews FM 24/09/2021 • 13:21
Ansiedade pode ser o motivo pelo cachorro lamber as patas
Ansiedade pode ser o motivo pelo cachorro lamber as patas
Unsplash/Reprodução

Nosso ouvinte Pedro escreve contando que há um ano resgatou um cão machucado da rua. Ele é muito bonzinho e obediente, mas não consegue ficar sozinho, lambe a pata esquerda chegando até a feri-la. “Estamos tentando colocar luvinhas na pata, mas não está adiantando, Manu.”

Pedro, olha só, é terrível isso, e essa ansiedade toda tem nome e sobrenome. É ansiedade de separação, uma condição de pânico que o cão entra quando a gente sai de casa e aí isso gera um comportamento muito destrutivo, ou vários comportamentos destrutivos. Como, por exemplo, arranhar os móveis, comer portas, comer móveis, uivar, latir, chorar sem parar e até esse, que seu cão apresenta, que é lamber as patinhas até se ferir. 

Essa condição tem sido cada vez mais comum nos cães em todas as casas, isso já não é uma exceção, é uma coisa que a gente encontra muito, tá? E isso gera um grande transtorno, tanto para os cães quanto para nós, dói o nosso coração. Por isso, vão aí algumas dicas pra você. 

Primeiro, antes de sair de casa, não faça grandes despedidas, pegue as suas coisas, não se despeça e vá embora. Essa despedida toda só gera mais ansiedade.

Além disso, deixe um ambiente bom para o cachorro, com petiscos que ele adore espalhados pela casa, sabe uma caça-ao-tesouro olfativo? Deixe a TV sintonizada num canal pet, isso é super legal. Faça um longo passeio ou uma grande brincadeira um pouco antes de você sair para gastar bastante energia, para ele ficar bastante cansado antes de você sair de casa. 

E se isso não ajudar de alguma maneira, eu acho que você poderia conversar com o seu veterinário, porque algumas situações são tão severas, de traumatismo, de cães que passam realmente muito mal, que a gente começa a pensar no caso de medicação, mas isso, é claro, você deve conversar com o seu veterinário e avaliar o seu caso, tá bom?

Participe também da nossa coluna enviando a sua dúvida para eobicho@bandnews.com.br, ou então pelo Instagram: @manukarsten. OUÇA MAIS COLUNAS DA MANU KARSTEN NA RÁDIO BANDNEWS FM.

  • Pets