Fórmula 1

Dois profissionais em cargos de gestão deixam Mercedes rumo à Ferrari na F1

Loic Serra e Jerome d'Ambrosio estão à caminho da Ferrari para fortalecer parte de engenharia e direção da equipe de Fórmula 1

Da redação

Dois profissionais em cargos de gestão deixam Mercedes rumo à Ferrari na F1
Dois profissionais em cargos de gestão deixam Mercedes rumo à Ferrari na F1
Ferrari

Dois profissionais em cargos de gestão, Loic Serra e Jerome d'Ambrosi estão de saída da Mercedes rumo à Ferrari. Serra, ex-diretor de performance na Mercedes, assumirá o cargo de diretor de perfomance de chassi na equipe italiana. Já Jerome d'Ambrosio, ex-piloto de F1, será o braço direito de Fred Vasseur no comando da equipe de Maranello na F1. 

A chegada de ambos está prevista para outubro e mostra o planejamento da Ferrari, que contratou Lewis Hamilton, para as temporadas futuras. 

Francês, Serra chegou na F1 como engenheiro da Michelin antes de ir para a BMW Sauber logo depois de fabricante de pneus sair da F1 em 2006, e está na Mercedes desde e retirada da BMW da F1, ocupando diversos cargos nesse período. 

D’Ambrosio participou de 20 corridas de Fórmula 1 e disputou a Fórmula E antes de se tornar chefe de equipe da Venturi. Atualmente, o belga de 37 anos ocupava o cargo diretor de desenvolvimento de pilotos na Mercedes. Jerome chegou a substituir Toto Wolff em algumas corridas que o austríaco não pôde comparecer. E a ideia da equipe era para que D’Ambrosio acabasse substituindo Wolff no futuro. 


 

Tópicos relacionados

Notícias

Carregar mais