Esportes

Fifa pune clubes ingleses e Zenit por não liberarem jogadores à seleção brasileira

City, Liverpool, United, Leeds e Zenit não vão poder contar com brasileiros entre os dias 10 e 14

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 08/09/2021 • 10:33 - Atualizado em 08/09/2021 • 10:37
Firmino (foto) é um dos brasileiros que não puderam viajar
Firmino (foto) é um dos brasileiros que não puderam viajar
Instagram/Liverpool

A Fifa decidiu punir os clubes ingleses e o Zenit por impedirem a convocação de jogadores brasileiros para a seleção nesta Data Fifa. 

Liverpool, Chelsea, Manchester City, Manchester United e Leeds vão jogar desfalcados pelos mesmos atletas barrados na próxima rodada da Premier League, de acordo com a entidade.

Alisson, Fabinho e Roberto Firmino (todos do Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Thiago Silva (Chelsea), Fred (Manchester United) e Raphinha (Leeds) foram chamados pelo técnico Tite, mas sequer se apresentaram ao grupo que disputa as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Para não liberá-los, os clubes ingleses alegaram a pandemia e o tempo de quarentena que os jogadores teriam que cumprir (esta Data Fifa tem três jogos, maior do que o habitual).

A mesma punição vai ocorrer com o Zenit, da Rússia, no campeonato local - o time exigiu que Malcom e Claudinho voltassem para o clube no último dia 1, alegando que enfrentaria o Chelsea pela Liga dos Campeões e que perderia os atletas por causa do período mínimo da quarentena. 

A punição aplicada pela entidade máxima do futebol mundial será entre 10 e 14 de setembro. Com isso, ironicamente o Chelsea e o Zenit também não poderão contar com os brasileiros quando se enfrentarem no dia 14 pela Champions. O United, que enfrenta o Young Boys, da Suíça, no mesmo dia, também não terá Fred na competição continental.