Esportes

Problema de visto tira piloto russo de etapa da Fórmula 3 na Inglaterra

Alexander Smolyar corre sob bandeira da FIA e será substituído por piloto romeno

Da redação 30/06/2022 • 06:31 - Atualizado em 30/06/2022 • 06:41
Alexander Smolyar corre sob bandeira da FIA e será substituído por piloto romeno
Alexander Smolyar corre sob bandeira da FIA e será substituído por piloto romeno
FIA Formula 3

O piloto russo Alexander Smolyar ficará fora da quarta etapa da temporada da Fórmula 3, na Inglaterra. A informação foi divulgada pela equipe dele, a MP Motorsport, nesta quinta-feira (30).

De acordo com o time holandês, o desfalque é decorrente de problemas da concessão de visto para que o piloto entre no Reino Unido. Desta forma, Smolyar será substituído na etapa do fim de semana pelo romeno Filip Ugran.

Vale destacar que Smolyar chegou a anunciar que não disputaria a temporada da F3 depois que a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) determinou que pilotos russos e bielorrussos corressem sob a bandeira da entidade, como resposta à invasão da Rússia ao território da Ucrânia em março. Mais tarde, voltou atrás e acatou a decisão.

Diante do conflito no Leste Europeu, o Reino Unido impôs sanções a visitantes russos, negando vistos para acesso ao país. No dia 22 de junho, integrantes da delegação russa na OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação na Europa) tiveram vistos negados para o cumprimento de agenda da entidade em julho na Inglaterra.

“Todos os membros da delegação russa estão sob sanções no Reino Unido diante de seu papel na desestabilização da Ucrânia e no ataque à integridade territorial, à soberania e à independência da Ucrânia”, informou a embaixada britânica em Moscou na ocasião, de acordo com a agência Reuters. “Essas sanções proíbem, entre outras coisas, viagens ao Reino Unido.”

Alexander Smolyar é o atual sexto colocado da temporada da Fórmula 3, com 28 pontos nas três primeiras etapas. A liderança é do francês Victor Martins, da ART, com 68.

Já Filip Ugran volta à categoria após uma passagem sem brilho em 2021 – o romeno correu toda a temporada pela equipe Jenzer, mas não somou pontos. Em 2022, disputa a Euroformula Open pela Van Amersfoort, sendo o sétimo colocado após 11 corridas.