Esportes

Governador do DF critica “politização” e defende Copa América no Brasil

Ibaneis Rocha citou outros torneios que já acontecem no país seguindo protocolos

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 02/06/2021 • 09:41 - Atualizado em 02/06/2021 • 15:57

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), defendeu a realização da Copa América no Brasil. Para ele, a polêmica em torno do assunto é fruto de “politização”.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, no Jornal Gente, Ibaneis argumentou que muitas competições esportivas são realizadas há meses no país.

“Simplesmente nós temos aí uma competição internacional como outras que vinham acontecendo no Brasil. São várias partidas, Campeonato Brasileiro, Estaduais, tudo acontecendo”, disse. 

“Não vi nada demais em relação a essa competição. O que vi de verdade, como partiu de uma negociação do presidente Jair Bolsonaro com a Conmebol, foi a politização, o que tem acontecido em todas as áreas. Temos uma rivalidade e tudo que o Bolsonaro faz é criticado”. 

O Distrito Federal será uma das quatro sedes do torneio e, para o governador, as normas sanitárias que já existem afastam qualquer risco aos jogos em Brasília. “Estou muito tranquilo quanto a isso”. 

Sobre a liminar apresentada ao Supremo Tribunal Federal pelo PT, que ainda tenta impedir que a competição venha mesmo para o Brasil. Ibaneis disse esperar que o relator do caso, ministro Ricardo Lewandowski, rejeite o pedido.

Goiás, Mato Grosso e Rio de Janeiro são as outras sedes da Copa América confirmadas pela Confederação Sul-Americana de Futebol. O torneio deve começar no próximo dia 13.

  • ibaneis rocha
  • copa américa