Jogo Aberto

Ceni no São Paulo: Denílson aprova estreia, e Edílson vê "ingratidão" da torcida

Tricolor ficou só no empate com o Ceará, mas comentarista do Jogo Aberto achou o saldo positivo

Da Redação, com Jogo Aberto 15/10/2021 • 12:08 - Atualizado em 15/10/2021 • 12:49

Apesar do empate por 1 a 1 diante do Ceará no Morumbi, resultado que mantém o São Paulo perto da zona do rebaixamento do Brasileirão, Denílson Show aprovou a reestreia de Rogério Ceni como treinador do Tricolor. 

“Gostei do jogo, da atitude e da performance. O São Paulo teve um ritmo diferente, com os jogadores se entregando mais e criando várias chances. É um pontapé inicial interessante para o trabalho do Ceni”, destacou o comentarista do Jogo Aberto.

Depois de apenas um treino, Ceni mandou o São Paulo a campo com Tiago Volpi; Orejuela, Miranda, Léo e Reinaldo; Liziero, Igor Gomes, Benítez e Gabriel Sara; Luciano e Calleri. “Gostei da escalação. Cada um em sua posição. Só colocaria o Luan no lugar do Nestor, do Igor Gomes ou do Sara. O resto não mudaria nada”, opinou Denílson.

O comentarista falou também sobre a atitude de parte da torcida em gritar o nome de Hernán Crespo no Morumbi e não apoiar Ceni por declarações do técnico nos tempos de Flamengo (o ídolo afirmou que “a atmosfera” da nação rubro-negra era diferente). 

“Na cabeça do torcedor o Crespo saiu por corpo mole do grupo. Pra mim tem um misto de gestão, de personalidade do Crespo… Por que o Benítez não jogava? Tem algumas coisas que deixam a gente, que não acompanha o dia a dia, com uma pulga atrás na orelha. Ontem (quinta) achei que o Benítez foi bem e atuou praticamente o jogo todo”, concluiu.

Já no debate do Jogo Aberto, Edílson Capetinha ficou indignado com a atitude da torcida tricolor. “Não sou são-paulino, mas tenho que falar: que ingratidão com o Rogério Ceni! A história dele não conta? Fora que o time jogou mil vezes melhor do que estava jogando com o Crespo”, disparou.