Os Donos da Bola

Neto critica “manifesto ridículo” e diz que faltou coragem à seleção

Apresentador comentou posicionamento dos jogadores sobre a Copa América no Brasil

Da Redação, com Os Donos da Bola 09/06/2021 • 13:17 - Atualizado em 09/06/2021 • 17:12

Neto criticou no programa Os Donos da Bola desta quarta-feira (09) o manifesto divulgado nas redes sociais de jogadores da seleção com críticas à realização à Copa América. O grupo lamentou a politização em torno do tema, mas disse que jamais se recusaria a disputar o torneio. 

“Foi um manifesto ridículo. Já começa com ‘brasileiros e brasileiras’. Eu nasci corintiano. Torço primeiro para o Corinthians e depois talvez para a seleção. Um manifesto que não foi escrito por jogadores, que não sabem o que é ‘à revelia’. Eles não tiveram coragem nem de ir na frente da imprensa”, lamentou. 

“Na entrevista do Casemiro achei que era uma bomba (o jogador disse que todos sabiam o que eles pensavam, indicando um possível boicote à Copa América). Esse manifesto foi pior que a encomenda. Não falaram nada da pandemia. Vamos chegar a 500 mil mortes. Não falaram nada do assédio. Todo mundo esquece a denúncia ao presidente da CBF”, completou o apresentador.

Velloso também lamentou o posicionamento. “Achei realmente que teria orgulho da nossa classe por tudo que falaram e que eles tomariam posição contrária à Copa América e não disputariam o torneio. A Copa América não vale nada, não classifica para nada, e eles em foram consultados sobre jogar aqui. Mas nem da pandemia falaram. Quando achei que fossem se posicionar, não falaram nada”, disse o comentarista.

Neto também criticou Tite, que, segundo ele, “deu uma de alienado” em entrevista após a vitória por 2 a 0 sobre o Paraguai. “Disse que quer levar a seleção para a Copa. Todo técnico quer e todos levaram. Uma das piores, com o Felipão, foi lá só no último jogo, com dois gols do Luizão, e depois ainda ganhou. As estatísticas do Tite são ótimas, mas as do Dunga também eram”, afirmou. 

O apresentador ainda minimizou as marcas que Neymar está atingindo com a amarelinha. “Ah vai alcançar o Pelé. O Pelé tem três Mundiais. O Romário? Deu uma Copa para nós. O Zico? Você nunca vai ser o Zico e não me representa vestindo a camisa da seleção!”, concluiu. 
 

  • neto
  • os donos da bola