Esportes

Palmeiras: Rony, Gabriel Menino e Breno Lopes negam ida à festa clandestina

Patrick de Paula, jogador do Verdão, foi flagrado em balada e hostilizado por torcedores

Da Redação, com BandNews FM 21/06/2021 • 10:06 - Atualizado em 21/06/2021 • 16:28

Os atacantes Rony e Breno Lopes e o lateral e meio-campista Gabriel Menino, todos do Palmeiras, negaram rumores de que foram a uma festa clandestina na madrugada desta segunda-feira (21) junto ao volante Patrick de Paula, flagrado e hostilizado por torcedores no local na zona leste da capital paulista.

Em suas redes sociais, Rony disse que estava na igreja com a família. “Quando você decide levar uma vida para agradar a Deus, muitas coisas se levantam contra você. Estão viralizando que eu estava em uma festa, enquanto, na verdade, estava na igreja com a minha família”, escreveu.  

“Tenho o maior respeito por cada torcedor do Palmeiras e pelo clube, porém, acima de tudo, tenho respeito pela minha profissão e minha família. Tenham cuidado com essas informações, apurem e divulguem a verdade sempre, pois somos seres humanos. Temos deveres, direitos, mas temos dignidade e pessoas que nos amam e nos têm como exemplo”, completou.

Já Gabriel Menino se posicionou via assessoria de imprensa e disse que nem estava em São Paulo. 

“Diferentemente do que está sendo divulgado, Gabriel Menino não descumpriu nenhuma determinação do clube no último domingo. Após a vitória diante do América-MG, o atleta se dirigiu imediatamente para Itatiba, no interior de São Paulo, com a família, onde permaneceu até esta segunda-feira de manhã, quando retornou para treino do Palmeiras, marcado para as 10h. Gabriel tem seguido todos os protocolos do clube por conta da pandemia do Covid”, diz a nota. 

Por fim, Breno Lopes também usou as redes sociais para se defender. “Acordei com algumas notícias dando conta de que eu estaria participando de uma festa clandestina durante a última noite. Isso não é verdade! Gostaria de esclarecer que jamais desrespeitaria as normas impostas pelo clube”, disse. 

“Tenho responsabilidade sobre a minha profissão e sobre o exemplo que somos para milhares de pessoas, principalmente num momento delicado como esse que estamos vivendo. Precisamos ter muito cuidado na divulgação desse tipo de notícia. O Palmeiras é a oportunidade da minha vida e todos sabem o quanto lutei para chegar até aqui”, completou.

Um membro da Mancha Verde, organizada do Palmeiras que flagrou Patrick de Paula, havia publicado na internet que Rony, Menino e Breno Lopes estavam no mesmo local, mas depois apagou a postagem. Imagens mostram o momento em que o volante é cercado por vários torcedores e xingado. Ele só consegue se afastar com a ajuda de seguranças.

Na madrugada da última sexta, Lucas Lima, meia do Verdão, também foi flagrado durante saída noturna e acabou multado e afastado do elenco. O Palmeiras divulgou que Patrick sofrerá as mesmas medidas.
 

  • rony
  • gabriel menino