Esportes

Seleção brasileira decide jogar Copa América, mas prepara manifesto

Time do técnico Tite estreia no torneio no próximo domingo contra a Venezuela

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 07/06/2021 • 12:38 - Atualizado em 07/06/2021 • 14:26

Os jogadores da Seleção Brasileira aceitaram disputar a Copa América no país, informa Vinícius Batista, da Rádio Bandeirantes

Porém, um manifesto deve ser divulgado após o jogo desta terça, contra o Paraguai, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Na carta, os atletas devem se posicionar contrários à disputa do torneio. 

O país virou sede após a Argentina desistir por causa do agravamento da pandemia.  Quando anunciou a mudança de sede, a Conmebol agradeceu os esforços da CBF e do presidente Jair Bolsonaro. 

Segundo informações de José Luiz Datena no último domingo (06), a CBF já havia avisado ao governo federal que o grupo seria desconvocado e o técnico Tite demitido em caso de boicote ao torneio. 

A equipe de Tite estreia na competição no próximo domingo (13), contra a Venezuela, em Brasília. 

Reunião na CBF discute futuro de Caboclo

Segundo informações da repórter Thatiana Tavares no programa Jogo Aberto, diretores da CBF se reuniram nesta segunda para falar sobre o futuro de Rogério Caboclo.

O presidente da CBF já foi afastado por 30 dias após ser acusado de assédio sexual e moral por uma funcionária da entidade. Coronel Nunes assumiu o cargo em seu lugar.

  • Futebol