Bora SP

Procura por táxis aumenta com corridas por aplicativos mais caras

Em muitas situações a alternativa já deixou de ser tão vantajosa como quando surgiu

Leonardo Zvarick, no Bora SP 25/11/2021 • 11:47

Com as corridas por aplicativos cada vez mais caras, aumentou a procura por táxis. Taxista há 30 anos, Juramildo Miranda já viu a profissão passar por várias mudanças. Hoje, trabalhar com aplicativos é quase indispensável, e o motorista percebe muitos passageiros voltando a usar o táxi por meio dessas plataformas. “Principalmente de manhã e à tarde durante o dia tem aumentado de 30 a 40% o volume de chamadas”, conta. 

Os aplicativos de transporte, como Uber e 99, surgiram como uma alternativa mais barata que o táxi, e logo conquistaram um enorme público nas grandes cidades, mas hoje, a modalidade deixou de ser vantajosa em muitas situações e parte dos passageiros tem dado preferência ao táxi.

“Fiz quatro tentativas e quatro cancelamentos, comecei a ver táxis passando e pensei ‘por que não a moda antiga?’, simplesmente chamei, foi super-rápido e o trajeto e preço os mesmos”, disse o bancário Felipe Pires. 

A equipe de reportagem da TV Bandeirantes simulou uma série de corridas em diferentes horários e regiões da cidade de São Paulo. Quando chove ou é horário de pico, o táxi acaba saindo mais em conta. Isso porque os aplicativos têm a tarifa dinâmica, que deixa as viagens mais caras de acordo com a oferta e demanda pelo serviço.

Segundo as empresas, o número de passageiros tem crescido nos últimos meses. Ao mesmo tempo, muitos motoristas abandonaram a profissão por causa do custo do combustível. Como resultado, em boa parte do dia os preços se equilibram com o taxímetro.

O motorista de aplicativo Marcelo da Silva confirma que a tarifa dinâmica tem sido aplicada com mais frequência, mas discorda que isso afasta clientes. Pelo contrário, segundo ele, nessa época, a demanda pelo serviço tende a crescer e em geral os aplicativos continuam mais baratos.

“Vai ter sempre pessoas que vão pegar táxi, a gente não pega corredor, às vezes a pessoa precisa de uma velocidade maior na viagem dela, então ela vai pegar o táxi. Tem espaço para todo mundo e o sol nasceu para todo mundo”, disse Marcelo.