Canal Livre

Canal Livre: “Não há inclusão social sem inclusão digital”, diz Juscelino Filho

O ministro falou sobre os desafios da pasta e dos projetos que estão sendo desenvolvidos para que a conexão e a inclusão cheguem aos brasileiros

Da redação

Canal Livre: “Não há inclusão social sem inclusão digital”, diz Juscelino Filho
Cléverson Oliveira/Mcom

O Canal Livre do próximo domingo vai discutir temas polêmicos como a regulamentação da Inteligência Artificial e a taxação das chamadas big techs. Vai abordar também a inclusão tecnológica nas escolas, economia criativa e a TV 3.0. O programa recebe o Ministro das Comunicações, Juscelino Filho (União Brasil).

O ministro falou sobre os desafios da pasta e dos projetos que estão sendo desenvolvidos para que a conexão e a inclusão cheguem aos brasileiros.

 “Muitos projetos estruturantes estão sob a nossa coordenação, que vai justamente desde expandir a infraestrutura de telecomunicações pelo país e levar a inclusão digital, porque nós acreditamos, tanto eu como o presidente Lula, que nos dias de hoje não há inclusão social sem inclusão digital. Então isso caminha junto. Isso quer dizer diminuir desigualdades sociais, que ainda estão muito presentes em várias regiões do nosso país. E é o papel do governo federal justamente coordenar essas políticas públicas para fazer chegar essas infraestruturas onde ainda não chegou”, disse o ministro. 

Questionado sobre as escolas, que em diversos estados não estão conectadas, Juscelino Filho destacou que essa missão está no novo PAC do governo federal.

“Justamente na pandemia nós sentimos o quanto estávamos atrasados e quanto isso impactou de não termos esse ambiente digital presente na educação. E preocupado com tudo isso, o presidente Lula pediu para incluir dentro do PAC um novo eixo estratégico que não constou em nenhuma edição dos PACs anteriores, que é o eixo inclusão digital e conectividade. Temos investimentos previstos dentro desse eixo para até o fim de 2026 de 28 bilhões de reais em programas de governo. Muitos desses recursos frutos do leilão do 5G, que foi feito, e outros do orçamento geral e outros das parcerias com a iniciativa privada”, completou. 

O BandNews TV transmite o Canal Livre às 20h. Depois do “Top Cine”, o programa é reexibido na TV aberta, na tela da Band.

Mais notícias

Carregar mais