Jornal da Band

Alckmin diz para centrais sindicais que pode ser vice na chapa de Lula

Ex-governador de São Paulo deve sair do PSDB em breve e pode se aliar ao antigo adversário político

Da Redação, com Jornal da Band 29/11/2021 • 20:30 - Atualizado em 29/11/2021 • 20:36

A possível chapa formada por Lula (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB), antigos adversários políticos, parece ser cada vez mais real para a eleição presidencial de 2022. Dessa vez o tucano confirmou que está mais próximo do petista.

Alckmin se reuniu com centrais sindicais e disse para os trabalhadores que a hipótese de ser candidato a vice-presidente na chapa de Lula "caminha".

Já Lula se reuniu com outro nome importante da política paulista no final de semana. Ele teve um jantar com a ex-prefeita Marta Suplicy.

PSDB e mais presidenciáveis

Alckmin está de saída do PSDB, seja para virar vice de Lula ou candidato ao governo de São Paulo. Mas o partido tucano definiu outro pré-candidato a presidente no final de semana: João Doria venceu as prévias e, a partir de agora, começa a fazer articulações para a candidatura. O governador disse que vai se encontrar com Sergio Moro (Podemos).

Já Ciro Gomes (PDT) divulgou novas análises com defesas da Petrobras. E o MDB marcou um evento para 8 de dezembro, quando deve confirmar Simone Tebet como pré-candidata à presidência. 

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu com empresários de uma multinacional fabricante de ônibus. E nesta terça-feira (30) ele vai se filiar ao PL para disputar as eleições de 2022.