Jornal da Band

Maraisa lamenta morte de Marilia Mendonça: "Nunca vou conseguir me despedir"

A cantora, que faz dupla com Maiara, falou pela primeira vez sobre o falecimento da amiga; a "rainha da sofrência" e mais quatro pessoas foram vítimas de acidente aéreo

Da Redação 06/11/2021 • 20:59 - Atualizado em 06/11/2021 • 21:08

A cantora Maraisa, da dupla com Maiara, falou pela primeira vez sobre a morte de Marilia Mendonça após o sepultamento do corpo da artista, no fim da tarde deste sábado (6), em Goiânia (GO). Visivelmente abalada, a sertaneja lamentou a partida precoce da “rainha da sofrência” e contou como soube do acidente aéreo que matou cinco pessoas na última sexta-feira (5).

“Nunca vou conseguir me despedir dela. Nada aqui está à altura dela, a gente ainda tem que fazer muita coisa porque é um legado, é uma história. Nós construímos essa história juntas”, declarou Maraisa. 

A cantora esteve ao lado da família de Marilia durante o velório, que aconteceu na tarde de hoje no ginásio Valério Luiz de Oliveira, também conhecido como Goiânia Arena. A dupla Maiara & Maraisa, assim como Henrique & Juliano, cantaram durante a cerimônia. Eles também acompanharam o cortejo fúnebre a céu aberto, conduzido por carro do Corpo de Bombeiros.

Maraisa também disse como soube da queda da aeronave que levava Marilia, o produtor-geral Henrique Ribeiro e o tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, além do piloto Geraldo Martins Medeiros Júnior e o copiloto Tarciso Pessoa Viana.

“Fiquei sabendo quando liguei para o escritório para resolver um outro negócio sobre Patroas [projeto musical de Marilia Mendonça com Maiara & Maraisa] e tinham acabado de receber a notícia de que o avião tinha caído. Mas até a gente ter uma informação concreta demorou muito. Vivia e morria toda hora. Estou assim… Vivendo e morrendo”, explicou.

“Marilia tem que ser lembrada para sempre. Ela fazia tudo pelo povo”, finalizou.

Entenda o acidente que matou a cantora sertaneja

A cantora sertaneja Marília Mendonça morreu nesta sexta-feira (5) aos 26 anos. A artista foi resgatada sem vida após um acidente de avião em Piedade de Caratinga, no interior de Minas Gerais. A aeronave, que levava a artista e mais quatro pessoas, caiu por volta das 15h20 em um curso d'água. 

O produtor-geral da cantora, Henrique Ribeiro, o tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros Júnior e o copiloto Tarciso Pessoa Viana estão entre as vítimas do acidente aéreo.

O avião decolou de Goiânia (GO) com destino a Caratinga (MG), onde Marilia teria uma apresentação na noite de sexta-feira.

A aeronave é um bimotor Beechcraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, e tinha capacidade para seis passageiros. Segundo o sistema da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a situação de aeronavegabilidade do avião estava normal e a operação era permitida para taxi aéreo.