Jornal da Band

Novas fotos reforçam acusações de festas de Boris Johnson durante a pandemia

As imagens mostram o líder político, cercado de várias pessoas, sem máscara ou distanciamento social, e com uma taça na mão

Felipe Kieling 24/05/2022 • 19:48
Novas fotos reforçam acusações de festas de Boris Johnson durante a pandemia
Novas fotos reforçam acusações de festas de Boris Johnson durante a pandemia
Reuters

Uma sequência de fotos divulgada complicou a situação do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, que é acusado de promover festas durante o lockdown na pandemia de covid-19.

Relatos e imagens apontam várias festas enquanto a população do Reino Unido estava trancada em casa.

As comemorações aconteceram na residência oficial de Boris Johnson - a famosa casa 10 da Downing Street. Uma crise que começou há seis meses e a cada dia ganha mais capítulos e pressiona o premiê.

As imagens mostram o líder político, cercado de várias pessoas, sem máscara ou distanciamento social - e com uma taça na mão.

No Parlamento, Boris foi perguntado se deu uma festa no dia 13 de novembro de 2020. O primeiro-ministro contradisse o que a imagem mostra claramente. 

“Não participei de nenhuma festa”, disse

Essa atitude não é uma novidade. Boris Johnson sempre negou que tenha quebrado as regras do lockdown. Mesmo quando levou uma multa por infringir a lei, alegou que não acreditava estar fazendo nada de errado.

O primeiro-ministro é o pivô de uma crise que tem respingando em outras instituições. O Partido Conservador perdeu quase 500 cadeiras na última eleição local no começo desse mês. Agora é a polícia metropolitana de Londres que está com a imagem arranhada.

Isso porque a investigação concluiu que Boris Johnson não deveria ser multado por ter participado dessa festa, só que uma outra pessoa que estava lá foi. Perguntada sobre o critério adotado e o motivo do premiê ter escapado, a polícia disse que não vai comentar o caso.