Jornal da Band

Polícia investiga execução de dois PMs em viatura no Rio de Janeiro

Só em 2021, o Rio de Janeiro já teve 35 agentes de segurança assassinados

Da Redação, com Jornal da Band 17/06/2021 • 19:49 - Atualizado em 17/06/2021 • 20:05

A Polícia Civil está investigando a execução de dois policiais militares em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Depois da emboscada, os assassinos roubaram as armas dos PMs. 

Na viatura da Polícia Militar onde estavam os dois PMs assassinados ainda estão as marcas da execução. O vidro dianteiro direito foi destruído. 

O soldado Sérgio Magalhães belchior, de 32 anos, e o cabo Helder augusto Gonçalves Silveira, de 37, foram socorridos. Ambos morreram a caminho do hospital. 

Uma testemunha contou aos investigadores que os bandidos saíram de uma área de mata e pegaram os policiais de surpresa. A viatura estava posicionada de costas para o terreno abandonado. 

A principal suspeita da polícia é a de que os criminosos entraram por um terreno, onde segundo os moradores, já funcionou uma madeireira desativada, e fizeram o ataque. Depois da ação violenta, os bandidos roubaram as armas dos policiais, inclusive um fuzil. 

Na perícia, foram achados fragmentos de digitais, mas que podem ser tanto de agentes quanto dos criminosos. O material ainda vai para análise. 

Um levantamento da plataforma fogo cruzado mostra que só em 2021, o Rio de Janeiro já teve 35 agentes de segurança assassinados. 

  • polícia militar
  • violência
  • rio de janeiro