Notícias

Saturno estará mais próximo da Terra na madrugada de 2ª feira; saiba como observá-lo

Sem telescópio, não será possível ver seus anéis e luas, mas o planeta estará visível como uma das estrelas mais brilhantes da noite

Larissa Santos, do Band.com.br 01/08/2021 • 06:00 - Atualizado em 01/08/2021 • 11:55
Saturno estará em oposição com a Terra nesta madrugada
Saturno estará em oposição com a Terra nesta madrugada
Reprodução/Facebook Nasa

Quem estiver disposto a enfrentar o frio na madrugada desta segunda-feira (2) terá a oportunidade de ver o Saturno a olho nu. O planeta gasoso atingirá o ápice da sua oposição à Terra, ou seja, estará o mais próximo possível do nosso planeta. 

Por estar se aproximando do alinhamento total com a Terra há algumas semanas, nos últimos dias já é possível ver Saturno no nosso céu --mas não com tanta intensidade como na madrugada de segunda. É possível vê-lo brilhando como as estrelas mais brilhantes da noite. 

Apesar da aproximação máxima, não será possível ver a olho nu os anéis, luas e detalhes do planeta.  Por mais que estejam próximos, essa distância está em torno de 1,34 bilhões de quilômetros, o que continua sendo muito distante. Em média, a longitude entre a Terra e Saturno é de 1,5 bilhões de quilômetros.

Para ver mais detalhes, como os anéis, luas e as regiões do planeta, é necessário utilizar um pequeno telescópio. Roberto Costa, professor do departamento de Astronomia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP, explicou à Band que um binóculo preso a um tripé já pode ajudar a observar mais características de Saturno. 

“Quanto maior for o diâmetro do instrumento utilizado na observação, mais detalhes poderão ser vistos”, explica o professor.

Como observar Saturno a olho nu?

O docente diz ainda que esta é uma excelente época do ano para observar o planeta vizinho, e dá as dicas para os fãs de astronomia. Mas lembre-se de que é necessário que o céu esteja limpo e sem nuvens.

"Saturno nasce no horizonte leste ao redor das 17h30 e, a partir das 18h30, já subiu o suficiente para ser observado com clareza. Basta olhar para a direção leste, a mesma onde nasce o Sol. Ele está na direção da constelação de Capricórnio, Lá pelas 21h, ele já está bem alto e pode ser observado com muita facilidade, chegando no alto do céu ao redor da meia-noite",  instrui. 

Por volta das 3h da manhã de segunda-feira é que os planetas atingirão o alinhamento mais exato entre si. 

Se a previsão do tempo não ajudar, não desanime! Será possível observar Saturno por mais uma semana brilhando no nosso céu. Ele pode ser visto por quase todo o planeta Terra, sendo visível em todo o hemisfério Sul e praticamente todo o hemisfério Norte, com exceção de observadores que estejam muito próximos do polo norte.

As oposições de Saturno acontecem a cada 378 dias aproximadamente. A próxima ocasião será no dia 14 de agosto de 2022.

O que é um planeta gasoso?

Saturno é o segundo maior planeta do Sistema Solar, atrás somente de Júpiter. Junto com Netuno, Urano e seu vizinho gigante, Júpiter, os quatro planetas pertencem à categoria de planetas gasosos. Diferente dos rochosos, como a Terra e Marte, eles possuem grandes quantidades de gases leves em sua composição, como hidrogênio e hélio.

Ao pensar em Saturno, a principal característica que vem à mente é o seu marcante conjunto de anéis. Os outros planetas gigantes e gasosos também possuem anéis, porém os de Saturno são muito maiores e mais refletivos que os demais. Esses anéis são compostos basicamente de gelo e se alinham ao equador do planeta.

  • planeta
  • astronomia
  • saturno
  • terra