Notícias

Pfizer afirma que três doses de sua vacina neutralizam varante ômicron da Covid

Segundo estudos conduzidos, dose de reforço aumenta eficácia em 25 vezes na comparação com as duas doses

Da Redação, com BandNews FM 08/12/2021 • 09:30 - Atualizado em 08/12/2021 • 21:55

A Pfizer afirmou que estudos preliminares revelaram que a aplicação de três doses da vacina contra o coronavírus "neutralizam" a variante ômicron e tem a mesma eficácia observada nas pesquisas com outras variantes para quem tomou duas doses.

Porém, segundo comunicado das fabricantes Pfizer e BioNTech divulgado nesta quarta-feira (8), pessoas com duas doses do imunizante apresentam uma "significante redução" da ação contra a cepa identificada na Europa e Estados Unidos. 

A eficácia da terceira dose da vacina aumenta em 25 vezes na comparação com as duas doses, diz a nota da empresa.

A companhia alerta para a importância do reforço vacinal, afirmando que, sem a terceira dose, a proteção pode "não ser suficiente" contra a ômicron. 

A Pfizer diz ainda que segue trabalhando para desenvolver um imunizante específico para combater a ômicron e espera que ele fique pronto até março.

No Brasil, voluntários que receberam as duas doses da Pfizer estão participando de um novo estudo com a aplicação da terceira dose.