Notícias

Suspeito de assassinar jovem no interior de SP tentou matar vizinha horas antes

Segundo a família, ele sofre de esquizofrenia

Gustavo Gimenez 17/05/2022 • 06:34
Michael Douglas da Silva, de 28 anos
Michael Douglas da Silva, de 28 anos
Reprodução

A Polícia Civil já identificou o principal suspeito pela morte de Mayara Roquetto Valentim, jovem de 23 anos que foi encontrada esfaqueada em uma estrada rural de São João da Boa Vista, interior de São Paulo. Trata-se de Michael Douglas da Silva, de 28 anos. 

Segundo a família do rapaz, ele sofre de esquizofrenia e foi preso há cerca de 2 anos por tentar assassinar o padrasto. 

Michael Douglas morava em uma pensão da cidade e, de acordo com a polícia, tentou matar uma vizinha no último fim de semana. Em seguida, saiu do local e encontrou Mayara caminhando na estrada, momento em que o crime teria acontecido. 

A polícia segue investigando e tentando localizá-lo. 

Sobre o crime

Mayara Roquetto Valentim saiu de casa para caminhar, na manhã de domingo (15), por volta 10h. Após a demora em retornar, a família anunciou o desaparecimento.

O corpo da vítima foi encontrado cerca de 12 horas depois com quase 30 perfurações de faca.

A jovem é ex-aluna de biologia da Universidade de Campinas (Unicamp). Em nota, o Instituto de Biologia da instituição lamentou a trágica morte e destacou que a vítima era uma acadêmica bastante ativa.

“Foi uma aluna extremamente participativa no curso e querida por colegas de sala e docentes. Mayara nos deixa com 23 anos e muita saudade”, disse o Instituto de Biologia da Unicamp. 

O enterro acontece nesta terça-feira (17).